Muitas pessoas fazem isso como parte da sua higiene pessoal, mas os especialistas não recomendam. Aqui explicamos por que e também damos algumas dicas para limpar e cuidar dos seus ouvidos.

Com o propósito de eliminar o acúmulo de cera dentro do ouvido, muitas pessoas, talvez você se encontre entre elas, frequentemente limpam os ouvidos inserindo neles um cotonete ou palito com um algodão na ponta. O movimentam e cavam fundo até que a ponta saia completamente limpa. Apenas assim se sentem satisfeitos e completamente limpos. Mas, de acordo com especialistas, esta prática de higiene pode ocasionar mais danos do que benefícios.

É importante saber que a formação de cera é um processo natural, que serve para proteger os ouvidos. Por isso, tente eliminar o excesso de cera com cotonetes pode ser contraproducente.

Por Que Não Devem Ser Usados Cotonetes nos Ouvidos

Existem muito boas razões para descontinuar o quanto antes o prejudicial hábito de limpar os ouvidos com cotonetes. Entre elas:

  • É bom ter cera nos ouvidos. A cera não é o equivalente a sujeira que deve ser eliminada a todo o custo. Pelo contrário, forma uma camada protetora que protege a pele do canal auditivo (que é muito sensível). Também impede a entrada de água, poeira e sujeira. Se você remover toda a cera, toda essa sujeira tem a porta aberta e poderia penetrar no interior do ouvido.
    Seis Boas Razões Para Deixar de Limpar os Ouvidos Com Cotonetes
  • A cera é também um antibiótico natural. Uma vez eliminada, você tem mais probabilidade de contrair uma infecção no ouvido.
  • Se o cotonete é exatamente do mesmo tamanho que o canal auditivo, pode empurrar a cera muito profundamente até o interior. E você, precisaria de ajuda profissional para resolver isso.
  • Se você empurrar o cotonete muito profundamente pode ter problemas com o equilibro ou para escutar. Vamos explicar por que. No final do canal auditivo se encontra a membrana do tímpano. Como está mais próxima da superfície do que se pensa, é fácil introduzir o cotonete além da conta, sem perceber. E se você fizer isso, pode comprimir este minúsculo, poderia danificar o ouvido interno, o que pode causar problemas de audição e de equilíbrio.
  • Mas ainda pior é se você chegar a perfurar a membrana do tímpano (que é muito delicada) com a ponta de um cotonete. Este acidente poderia exigir cirurgia e até mesmo poderia chegar a perder o sentido da audição no ouvido afetado (ou seja, poderia deixar de ouvir com esse ouvido).
  • Se o seu propósito ao utilizar um cotonete nos ouvidos é secá-los ou remover a água que ficou dentro, o melhor é aplicar um secador de cabelo em temperatura média até que a água evapore. Ou colocar algumas gotas de álcool no ouvido com um conta-gotas. Isso ajuda a água a se movimentar e então evapora.

Leia também: “O Risco de Usar Fones de Ouvido – Dicas Para Proteger Sua Audição“.

E Sobre o Excesso de Cera?

Embora a cera dos ouvidos seja uma parte natural do sistema de defesa do corpo, pode ser que a produção seja excessiva e se forme um bloqueio que afetar a audição. Nesse caso, é preferível que você procure ajuda profissional para eliminá-la sem que surjam mais problemas.

Alguns sinais e/ou sintomas que poderiam sugerir um acúmulo excessivo de cera nos ouvidos incluem:

  • Dor em um ouvido.
  • Ruídos nos ouvidos, zumbido no ouvido.
  • Diminuição ou perda da audição no ouvido afetado.

O Que Você Deve Fazer

Se você perceber esses sintomas, não tente eliminar a cera por conta própria, especialmente se você inserir um dispositivo no canal do ouvido, ou se você já teve uma cirurgia auditiva. Não utilize um aparelho para fazê-lo por conta própria, a menos que o seu médico tenha indicado.

Consulte o seu médico, que pode eliminar a cera acumulada sem danificar o seu ouvido. Além disso, os sintomas mencionados talvez não tenham a ver com o acúmulo de cera. Podem ser sinais de outros problemas que o médico identificará e tratará.

Outros cuidados que você precisa ter com os ouvidos para mantê-los saudáveis:

  • Não limpe seus ouvidos nem introduza dentro deles chaves, clipes para papel, grampos de cabelo nem nenhum outro objeto pontiagudo.
  • Limpe-os por fora com a ponta de uma toalha.
  • Não nade ou mergulhe em águas contaminadas.
  • Evite submetê-los por um longo período de tempo a ruídos demasiado elevados.
  • Não coloque dentro deles objetos que não sejam especificamente para eles.
  • Não use gotas para os ouvidos, a menos tenham sido prescritas por um médico.

Lembre-se que, em geral, os ouvidos são muito sensíveis. Mas se você proporcionar os cuidados necessários estará contribuindo para mantê-los saudáveis e em boas condições.