Suplementos Para A Saúde Do Cérebro

ÔMEGA-3: Ômega-3 são ácidos graxos essenciais que precisamos incorporar na nossa alimentação, porque o corpo não os sintetiza. Estima-se que os ômegas-3 formam quase 30% da matéria encefálica no seco.

Os benefícios que proporcionam são numerosos, e, a este respeito, referindo-se a função cognitiva, são potencialmente essenciais. Especificamente, o DHA (ácido docosahexaenóico), é o que proporciona um melhor serviço para o nosso cérebro. Graças a ele, as células do cérebro, retina, coração e outras partes do sistema nervoso desenvolvem as funções de maneira correta em cada etapa da vida.

O DHA forma 97% dos ômegas-3 no tecido cerebral, e seus benefícios estariam relacionados com:

Suplementos Para a Saúde do Cérebro
  • O desenvolvimento cognitivo e da aprendizagem em crianças. Neste sentido, o lobo frontal do cérebro seria o que maior demanda de DHA necessitaria.
  • Correto funcionamento do sistema nervoso.
  • Apoio da atividade cerebral tanto em crianças como em adultos ao longo da vida.

Deficiências de DHA interferem fortemente com o desenvolvimento e a integridade da estrutura cerebral. Isso tem uma consequência direta em termos de comportamento da pessoa e estado de ânimo. Recomenda-se ingerir pelo menos 500 mg de DHA por dia.

ACETIL L-CARNITINA: Por suas siglas ALCAR (Acetil L-Carnitina), esta forma de L-carnitina, é a que se dispõe para atravessar a barreira hemato-encefálica, atingindo o fluxo sanguíneo cerebral. Ao contrário da forma anterior, que tem maior relação com a perda de peso (incentivando o transporte dos ácidos graxos até as mitocôndrias e obtenção de energia celular), o ALCAR mantém sintonia com a atividade do cérebro, justamente por causa da sua facilidade de chegar até este órgão.

O principal benefício que oferece para o cérebro é sua possível proteção, mediante a limpeza de toxinas, e o fortalecimento da rede neural. Da mesma forma, possui um efeito antioxidante, e possibilita aliviar a lipofuscina cerebral (acúmulo de gordura escura) que são "pseudo resíduos" cerebrais, como consequência da peroxidação lipídica.

Da mesma forma, o ALCAR pode evitar a degradação de certas estruturas cerebrais durante períodos de estresse, ou em situações de falta de oxigênio, algo que será de bastante predileção por pacientes que sofreram um ataque ou um acidente vascular cerebral.

Referido a atividade cognitiva, o uso de ALCAR poderia melhorar as relações sociais do indivíduo, por seu tratamento afetar os sintomas de depressão e estado de ânimo.

A dose padrão e que poderia surtir efeito oscila entre 1,5 - 3g por dia.

INOSITOL E COLINA: Inositol é um membro do complexo de vitamina 'B' (seria a vitamina B8, embora realmente não seja considerado como tal, dado que é um isômero de glicose). Por outro lado, a colina, também está incluída no mesmo grupo de vitaminas, mas, devido às suas características tampouco se considera como tal. São atribuídas, de certa maneira, propriedades quase medicamentosas. É utilizada para o tratamento de doenças do fígado, depressão, perda de memória, demência, entre outras.

Os benefícios do inositol para o organismo se traduzem no auxílio para o metabolismo da gordura, regula a função hormonal e equilibra o colesterol.

A combinação de ambas as substâncias exerce um efeito sinergético sobre a saúde do cérebro, já que ambos aumentam o efeito do outro. Além disso, aumentando a ingestão de inositol se sintetiza também uma maior quantidade de colina.

Sua aplicação cognitiva viria como consequência da geração de acetilcolina. Esta substância pertence ao grupo de neurotransmissores, os quais estão envolvidos na sinalização hormonal e na sinapse (comunicação entre neurônios). A acetilcolina desempenha um papel de destaque na formação e armazenamento da memória.

A colina também exerce influência sobre a segregação de dopamina, outro tipo de hormônio neurotransmissor, regulando uma infinidade de processos cerebrais, e entre os quais estão incluídos:

  • Emoções.
  • Memória.
  • Controle sobre o movimento.

A combinação de inositol e colina causa efeito na correta sinalização sobre a serotonina, conseguindo uma notável melhora no estado de ânimo, aliviando os efeitos depressivos. O inositol faz com que as células nervosas se tornem mais sensíveis a serotonina, melhorando todas as condições relacionadas com os baixos níveis desta.

Outro efeito importante sobre o nosso órgão cerebral, é que cada célula deste é delimitada por uma membrana celular, denominada fosfolípidos. Manter em perfeito estado esta membrana se traduz diretamente em obter e proteger a saúde do cérebro, garantindo a correta função nervosa. Além disso, graças a ambas as substâncias se conseguem gerar novos fosfolipídios, garantindo a correta sinalização hormonal.

Recomenda-se iniciar com doses de 500mg de cada suplemento para ir analisando a tolerância e os resultados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto