Muito se fala sobre a importância do cálcio ou do potássio no corpo, mas o que acontece o magnésio? Este mineral influencia em mais de 300 processos do nosso organismo! Hoje te contamos todos os seus benefícios.

O magnésio é um mineral fundamental e muito abundante em nosso organismo, atrás apenas do fósforo e do cálcio. É usado em mais de 300 reações bioquímicas em nosso organismo, e influência em muitos processos, desde a geração dos impulsos nervosos até a formação dos nossos ossos.

Um dos alimentos com mais doses de magnésio (420 mg por 100 gramas) é o cacau. É por isso que é aconselhável tomar uma xícara de chocolate puro (70% de pureza ou superior) diariamente. Avelã, nozes, amendoins e castanhas também contêm grandes quantidades de magnésio, assim como o gérmen de trigo, que possui 325 mg de magnésio por cada 100 gramas. As frutas e verduras (de folhas verdes) também possuem quantidades de magnésio que devem ser consideradas. Estes são os alimentos com mais quantidade deste importante mineral!

São tantas as contribuições e benefícios do magnésio, que vamos nos concentrar nos cinco mais destacados. Não se esqueça de incluir em sua alimentação!

Leia também: “Magnésio: Benefícios, Propriedades e Como Tomá-lo“.

Você Conhece Todos os Benefícios do Magnésio? Inclua-o em Sua Alimentação

Benefícios de Consumir Magnésio:

Essencial na luta contra a osteoporose. O magnésio ajuda a assimilar melhor e fixar o cálcio nos ossos, o que ajuda para que a densidade óssea seja adequada. Por isso, é importante que, se vamos tomar algum suplemento de magnésio, também contenha cálcio. Uma ausência de magnésio provocaria uma alteração no metabolismo e a assimilação do cálcio em nosso organismo. Com isso, você já pode ter uma ideia de como é importante para o nosso esqueleto!

Regulador da pressão arterial elevada. O magnésio pode reduzir a pressão arterial em pessoas que a tenham elevada, ajudando a evitar, por exemplo, todas as doenças relacionadas com o sistema cardiovascular. Por isso, é importante manter em nossa dieta um consumo de frutas e verduras adequado para não ter uma carência de potássio e de magnésio, que são importantes na regulação do funcionamento do coração.

Magnésio e sua relação com o DNA. O magnésio é essencial para o funcionamento normal (e correto) do DNA, já que protege, por exemplo, as células dos processos relacionados com tumores, ao limitar a relação dos radicais livres sobre eles. Este mineral também é muito importante no processo de divisão celular e protege contra os efeitos da radiação e contaminação que sofremos todos os dias.

Contra as contrações musculares. Desta relação sabem muito aquelas pessoas que se dedicam a fazer esporte. Ao realizar exercício, perdemos magnésio através do suor (além de urina). Por isso, se torna indispensável a reposição de eletrólitos durante o exercício. Portanto, se você sofre cãibras e descartou que se devem a uma carência de potássio, cálcio ou sódio, revise seus níveis de magnésio.

Enxaqueca e insônia. A melatonina é um hormônio importante no organismo que entre suas diversas funções, influencia na regulação do sono. Se existe uma deficiência de magnésio podem ocorrer transtornos do sono, depressão e inclusive enxaquecas. Dica: se te custa conciliar o sono à noite, coma um pequeno pedaço de chocolate preto antes de dormir!