Disfunção Erétil: 10 Fatores Que Podem Estar "matando" Sua Ereção

A maioria dos homens tem medo da disfunção erétil, que acontece quando o pênis não pode se colocar ou se manter ereto para o ato sexual. Existem muitos fatores que podem interferir para que você tenha uma ereção normal e bem sucedida. Aqui estão algumas delas, vários facilmente estão sob o seu controle.

Muitos homens relatam ser incapazes de ter uma ereção, pelo menos uma vez na vida. Podem ser homens completamente saudáveis, mas às vezes, existem fatores emocionais ou físicos que podem afetá-los e, consequentemente, não se produz a ereção. Entre os fatores mais comuns que podem estar matando sua ereção se encontram os seguintes, para que você possa tomar medidas a respeito:

1. Álcool. Se você pensa que tomar algumas bebidas a mais te ajudará a relaxar e estimular seu desejo sexual, isso é um erro. O álcool é um depressor do sistema nervoso, por isso afeta a resposta sexual tanto em homens como em mulheres. Seus efeitos são temporários, mas o consumo excessivo de álcool sim pode ser uma causa definitiva da disfunção erétil. Beber com moderação é bom, mas se você exceder as doses saberá que a resposta na cama, não é a melhor.

2. Estresse. Quem se sente sexy quando está pensando que está desempregado ou que amanhã tem uma reunião muito importante com o chefe? Não acreditamos que muitos. O estresse provoca diferentes reações no corpo e pode interferir com suas ereções. Por isso, o melhor no momento do sexo é relaxar e não pensar sobre isso. Se for um tema recorrente, procure ajuda profissional.

Disfunção Erétil: 10 Fatores Que Podem Estar "Matando" Sua Ereção

Leia também: "A Disfunção Erétil Pode Estar Ligada a Problemas Cardíacos".

3. Drogas e medicamentos. O uso de drogas ilícitas, como cocaína e maconha afeta a resposta sexual nos homens. Da mesma forma alguns medicamentos e algumas ervas podem afetar sua capacidade de manter uma ereção. Entre eles, certos medicamentos para a pressão arterial, depressão e para dor. Consulte o seu médico sobre os efeitos colaterais dos medicamentos que toma e evite o uso de drogas ilícitas (ilegais).

4. Ter uma imagem negativa de si mesmo. A baixa autoestima ou imagem negativa que você tem de si mesmo, afetará o seu desempenho na cama. Se você não gosta do que vê no espelho, pensará que resulta pouco atraente para a sua parceira e isso afetará a sua ereção na hora do sexo.

5. Ansiedade. Normalmente, muitos homens sentem ansiedade sobre como será o seu desempenho na cama. Estão tão preocupados se serão bons no momento do sexo que isso pode inibir completamente sua ereção.

6. Excesso de peso. Além de afetar a imagem que tem de si mesmo e sua autoestima, o excesso de peso influencia em sua capacidade para ter uma ereção. Os homens gordos produzem menos testosterona, o hormônio responsável pelo desejo sexual e poder das ereções. Além disso, as libras ou quilos a mais podem causar hipertensão ou pressão arterial elevada, o que pode causar problemas de circulação e isso pode provocar diminuição do fluxo sanguíneo para o pênis, que é essencial para ter uma ereção.

7. Problemas de saúde. Condições como a diabetes, pressão arterial elevada (hipertensão), a esclerose múltipla, endurecimento das artérias (aterosclerose), problemas com a bexiga e cirurgia da próstata podem causar problemas no momento de ter uma ereção.

8. Problemas com sua parceira. Raiva, tristeza, brigas, falta de confiança, todos esses fatores influenciam na disfunção erétil. É difícil fazer amor quando você não está se dando bem com sua parceira, já que isso reduz a atração pela outra pessoa.

9. Depressão. Se você considerar que o principal órgão sexual é o cérebro, entenderá que se você tem depressão, os químicos encarregados de enviar mensagens de resposta sexual para seus órgãos genitais, não estão funcionando bem, em uma forma equilibrada. Por isso, muitos homens com depressão perdem o seu desejo sexual ou libido. Adicionado a isso muitos dos medicamentos antidepressivos também contribuem para a disfunção erétil.

10. Estilo de vida. Uma má alimentação, dormir pouco, não fazer exercício e fumar podem influenciar o seu desejo sexual e podem interferir com a sua capacidade de ter uma ereção satisfatória. Então, é o momento de avaliar o seu estilo de vida para poder estabelecer se esses fatores estão contribuindo para os seus problemas para obter uma ereção.

Leia também: "Disfunção Erétil: Diagnóstico e Tratamento".

Falar sobre a disfunção erétil pode ser embaraçoso para muitos homens. Mas não deve ser. Discutir este problema com o seu médico é essencial para poder encontrar a solução. Muitas vezes, a disfunção erétil é um reflexo de um problema de saúde mais grave, por exemplo, pode ser o primeiro sintoma de um problema cardiovascular. Quanto mais cedo você fizer, mais rápido poderá encontrar a causa da sua disfunção erétil e, em seguida, poderá seguir um tratamento adequado e desfrutar plenamente da sua vida sexual.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto