Tratamentos Alternativos Para O Aumento Da Próstata

Mais de 50% dos homens de 60 anos experimentam os sintomas de aumento da glândula prostática. Ao adicionar uma ou mais duas décadas à idade, quase todos os homens experimentam sintomas, como fluxo de urina fraco, dificuldade para começar a urinar, micção interrompida em que a urina para e volta e a necessidade urgente de urinar.

A Clínica Mayo nos informa sobre as mudanças da glândula prostática próprias da idade e algumas maneiras de encontrar alívio para o que tecnicamente se conhece como hiperplasia prostática benigna.

A próstata se encontra localizada logo abaixo da bexiga e em torno da uretra, através da qual sai a urina do corpo. Após a puberdade, a glândula prostática alcança o tamanho de uma noz; mas à medida que os homens envelhecem, a próstata pode crescer e pressionar a uretra, interferindo no fluxo de urina.

Tratamentos Alternativos Para o Aumento da Próstata

Os homens com aumento leve da glândula prostática e que apenas mostram sintomas possivelmente não requerem tratamento de imediato. Os estudos têm demonstrado que até um terço dos casos leves são resolvidos sem tratamento.

No entanto, quando se requer tratamento, este se concentra na redução dos sintomas problemáticos e na recuperação do funcionamento normal das vias urinárias. Existem várias alternativas medicamentosas para os homens com sintomas leves e moderados, entre elas:

  • Bloqueadores alfa, que são fármacos que relaxam os músculos do pescoço da bexiga e as fibras musculares da próstata. Os bloqueadores alfa ajudam a aumentar o fluxo de urina e a reduzir a necessidade de urinar com frequência. Os medicamentos dentro desta categoria incluem terazosina, doxazosina, tamsulosina, alfuzosina e silodosina.
  • Inibidores da enzima 5-alfa-redutase, que são medicamentos para encolher o tecido da próstata e geralmente funcionam melhor em próstatas maiores. Os medicamentos dentro desta categoria incluem finasteride e dutasteride. Alcançar a máxima melhoria pode demorar meses.
  • Tadalafil, medicação para disfunção erétil que acaba de receber autorização para o tratamento dos sintomas de aumento da próstata.

Quando os medicamentos não funcionam ou os sintomas são entre moderados e fortes, a cirurgia é a alternativa disponível e alguns homens preferem a reparação cirúrgica a ter que tomar medicamentos diariamente. Todas as cirurgias mais conhecidas removem o tecido prostático que obstrui o fluxo de urina. Alguns procedimentos representam riscos, entre eles, perder o controle sobre a bexiga e a impotência.

Leia também: "Prostatectomia: Para Que Serve a Cirurgia da Próstata?".

Tratamentos Alternativos Para Aumento de Próstata

  • Ressecção transuretral da próstata, que consiste em um procedimento para abrir o canal até a próstata, a fim de aliviar a obstrução. Pouco depois da operação, a maioria dos homens tem um fluxo de urina mais forte. Esta operação requer uma curta permanência no hospital. Existe a possibilidade de que seja necessário repetir o tratamento após cinco a sete anos.
  • Remoção aberta da próstata (prostatectomia simples), que consiste na remoção da porção interna da próstata, seja através de uma incisão na parte inferior do abdômen ou de aberturas menores quando se realiza mediante laparoscopia ou cirurgia assistida por robô. A recuperação requer vários dias de hospitalização e um cateter urinário colocado durante uma ou duas semanas.
  • Terapias minimamente invasivas, que são procedimentos que utilizam diferentes formas de calor ou energia para encolher ou remover o tecido prostático excessivo que circunda a uretra, ou para ampliar a abertura da bexiga. Em alguns hospitais, esses procedimentos normalmente são realizados como cirurgias ambulatoriais. Os sintomas costumam melhorar imediatamente e o risco de efeitos colaterais é menor do que a ressecção transuretral da próstata.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto