Vasectomia: O Que É, Para Que Serve E Como Funciona

A vasectomia apenas é utilizada como método contraceptivo não tem nenhuma utilidade contra as doenças sexualmente transmissíveis. A vasectomia não causa no homem a disfunção erétil.

O que é e para que serve a vasectomia?

A vasectomia é uma técnica cirúrgica realizada no homem utilizada como método contraceptivo.

Embora sua finalidade é que seja irreversível, pode haver uma pequena percentagem de recaída ou reversibilidade (nesta técnica se corta ou liga os condutos deferentes do homem para que não haja mais espermatozoides no sêmen).

Vasectomia: O Que É, Para Que Serve e Como Funciona

Com que idade você deve fazer uma vasectomia?

Em princípio, não há idade específica para fazer a vasectomia, mas os médicos sempre recomendam uma vez que o homem já satisfez sua necessidade/vontade de ser pai e não tenho nenhuma intenção de ter mais filhos.

Como se faz uma vasectomia?

Sob anestesia local são realizadas uma ou duas incisões na parte superior do escroto, a fim de ligar e, em seguida, cortas os condutos deferentes (que são os responsáveis de levar os espermatozoides). A ferida é fechada com pontos.

Após a cirurgia é aconselhável usar calças um pouco mais apertadas, para diminuir a sensação de desconforto nos testículos. Também é importante lembrar que durante os primeiros 3 meses é necessário continuar usando um método contraceptivo, até que se confirme mediante uma análise do sêmen (teste para a detecção de espermatozoides) que não aparecem espermatozoides no sêmen.

É eficaz a vasectomia?

Diz-se que têm uma eficiência de cerca de 99%, e em alguns casos pode ser reversível.

É dolorosa a vasectomia?

Não, não é dolorosa, embora, sim, possa dar lugar a uma sensação de desconforto nos testículos.

Quais problemas podem ocorrer após a vasectomia?

Além do desconforto nos órgãos genitais, após a vasectomia pode haver um pouco de dor, inchaço e algum hematoma na área.

É verdade que depois de fazer a vasectomia pode haver disfunção erétil?
Não, não é verdade que, depois da vasectomia o homem possa ficar impotente, já que esta técnica não altera nem o fluxo sanguíneo nem os níveis hormonais de seus órgãos genitais.

Em ocasiões podem aparecer problemas de ereção depois de uma vasectomia, mas causados pelo efeito psicológico e/ou dor nas costas que gerava anteriormente a cirurgia com bisturi.

Para informações complementares, recomendamos a leitura do artigo "O Que Você Precisa Saber Sobre a Vasectomia".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto