Dor de barriga? Pode ser prisão de ventre. Quando o seu filho sente uma dor de estômago e leva mais dias do que o normal sem ir ao banheiro, porque não pode evacuar ou dói quando tentar, tem prisão de ventre… Um problema gastrointestinal que impede defecar normalmente devido ao fato de que o intestino não se move adequadamente ou a matéria fecal está dura, seca ou muito grande. Em Saúde Dicas te damos algumas dicas para quando chegarem essas terríveis dores que não deixam ninguém dormir na casa.

Por que isso acontece? A prisão de ventre é um problema comum em crianças, e pode ter muitas causas. Em alguns casos, a prisão de ventre se produz quando o seu filho não quer ir ao banheiro para evacuar, porque tem preguiça, não quer pausar o jogo ou sente vergonha de fazê-lo na escola. Isso faz com que a matéria fecal se acumule em seu intestino, resseque e endureça, fazendo com que seja cada vez mais difícil evacuá-la.

Mas na maioria dos casos, a prisão de ventre se produz quando o seu filho tem uma má alimentação. Ou seja, toma poucos líquidos (água, suco, leite), não come alimentos que contêm fibras (frutas, vegetais, cereais e grãos integrais), e leva uma dieta rica em gorduras e açúcares refinados. Sim, açúcares! Todos estes caramelos, doces, chocolates e sobremesas que substituem a fibra na dieta dos seus filhos, podem ser uma causa frequente de dor de estômago e prisão de ventre. A fibra é essencial para ajudar a formar a matéria fecal mais rápido e para que seja eliminada mais frequentemente do corpo, evitando assim a acumulação e, por conseguinte, a prisão de ventre.

Como Lidar Com A Prisão de Ventre Infantil

Uma noite, o seu filho está chorando e te diz que não pode dormir porque tem dores de barriga. O que você pode fazer? Primeiro, descubra por que dói. Pergunte a ele quando foi a última vez que foi ao banheiro e se doeu para evacuar. Além disso, tente lembrar o que ele tem comido nos últimos dias, especialmente se incluiu muitos doces, poucos alimentos saudáveis e poucos líquidos.

Se a resposta a estas perguntas é sim, não entre em pânico. É claro que é importante assegurar que não tenha febre e que não existam outros sintomas como vômitos.

Leia também: “Dicas e Alimentos Para Prisão de Ventre“.

A prisão de ventre tipicamente não é uma emergência médica e geralmente costuma desaparecer sozinha.

Dicas de Como Tratar a Prisão de Ventre Infantil:

  • Dê de beber líquidos, de preferência água e sucos de frutas como maçã, uva, ameixa e pera.
  • Apalpe a barriga suavemente.
  • Tente tranquiliza-lo para que seus músculos relaxem e assim possa evacuar mais facilmente.
  • Um banho de banheira com água quente também pode ajudar a relaxar os músculos.
  • Se a dor e a prisão de ventre continuam, você pode usar um supositório de glicerina para ajudar a umedecer a matéria fecal que deve estar seca e assim facilitar a evacuação. Lembre-se que não devem ser colocados mais de dois supositórios.
  • Se continua sem evacuar no dia seguinte, tente incluir em sua refeição bastante frutas (ameixas, mamão, pêssegos, peras, uvas e frutas secas), grãos integrais (cereais, pão, biscoitos, arroz) e verduras (brócolis e couve-flor), que contém fibras.

Se nenhuma destas técnicas funciona e seu filho permanecer com prisão de ventre e com dor por um par de dias, não dê laxantes ou enemas. Consulte um pediatra para encontrar outra solução. Claro que, se a dor é intensa ou se aparecem outros sintomas, não espere, consulte o seu médico imediatamente. E, claro, atue para evitar que a prisão de ventre retorne. Inclua mais fibras em sua dieta, mais exercício, e limite a quantidade de doces.