Remédios Caseiros Para Ansiedade Infantil

Muitas pessoas pensam que a ansiedade é um tema apenas vinculado à vida adulta. No entanto, é importante observar que a ansiedade pode inclusive afetar uma criança ou adolescente sendo o primeiro caso chamado ansiedade infantil.

Na atualidade, as crianças têm várias razões para experimentar a ansiedade, como as pressões da escola, grandes expectativas sobre o seu desempenho esportivo, problemas de saúde, famílias em crise e notícias diárias que veem na televisão. A ansiedade infantil pode ser dividida em vários tipos, como: ansiedade por separação, ansiedade generalizada (preocupação excessiva e inquietude diante de uma variedade de situações), transtorno de estresse pós-traumático, fobia social e transtorno obsessivo compulsivo (pensamentos recorrentes difíceis de controlar e necessidade de repetidos atos).

É preciso reconhecer os sinais de alerta para agir em tempo e que, a seguir, são detalhados:

Remédios Caseiros para Ansiedade Infantil
  • Queixa-se muitas vezes de dores de estômago ou dores de cabeça?
  • Dá muito trabalho para dormir?
  • Tem alterações repentinas de humor, mostrando-se irritado ou nervoso?
  • Dá trabalho para se separar de você?
  • Tem algum hábito nervoso, como tiques nervosos, roer as unhas?
  • Diz que não quer ir à escola ou participar de atividades normais?

Remédios Caseiros para Ansiedade Infantil:

  • Forneça a criança uma salada de alface durante a noite, já que este vegetal relaxa e facilita o sono.

Leia também: “Hiperatividade Infantil e a Alimentação: O Segredo está Também na Dieta”.

  • Consumir damascos frescos, seja em compotas, sucos ou batidos, o que ajuda a combater os estados de ansiedade, principalmente na infância.
  • Ferva 1 colher de sopa de erva-cidreira em uma xícara de água durante 5 minutos. Cubra e deixe descansar. Divida a xícara em três tomadas por dia.
  • Ferva 3 colheres de sopa de farinha de aveia em ¼ litro de água. Administre para a criança uma xícara 3 vezes ao dia. Como no remédio anterior, a aveia tem propriedades tranquilizantes e relaxantes.
  • Misture partes iguais de tila e camomila e extraia 1 colher de sopa. Despeje em uma xícara de água que está fervendo e deixe esfriar. Coe e forneça à criança em várias doses ao longo do dia.
  • Leve-o para aulas de ioga para crianças.
  • Realizar atividades com a criança ansiosa como: jogos, canções, música relaxante, histórias, etc.

Recomendações:

  • Localize o núcleo da situação. Uma vez que se tenha certeza de que a criança tem ansiedade, é preciso analisar seu estilo de vida e encontrar a origem das mudanças de humor.
  • Na família. Um divórcio, uma morte ou uma mudança, são eventos impactantes na vida familiar, que podem causar muita ansiedade. A sensação de não saber o que vai acontecer é um pouco esmagadora para as crianças. Se houver alguma grande mudança, é importante reconhecer e que tenha em mente que seus filhos precisam de cuidados especiais, para se sentirem seguros de que seus pais vão continuar querendo-os e protegendo-os.
  • Horário sobrecarregado. Viver depressa e sobrecarregar de tarefas são um mal moderno que aflige toda a sociedade. No entanto, preencher a rotina do seu filho com muitas atividades, pode saturá-los. Se, no final do dia não têm tempo para fazer a lição de casa, para a classe de música, para o treinamento de futebol e a terapia, você deve eliminar algo para que possam descansar.
  • Pressões escolares. A escola pode ser um ambiente intimidante. Se seu filho está tendo dificuldades acadêmicas, converse com seu professor para colocar em prática um plano de apoio. Se começar a ter sucesso, crescerá sua segurança pessoal e deixará de se preocupar com o fracasso. Se o problema é social, ajude-o a expressar seus medos e emoções. Ensine-o a se defender contra o bullying. Intervenha, se necessário, para tirá-lo do seu papel de vítima e conseguir livrá-lo do seu da intimidação.
  • Notícias impactantes. O acesso a material inadequado e a violência é uma realidade diária para as crianças. Eles têm pouca tolerância diante de histórias sangrentas e horripilantes, já que tudo é tomado como algo pessoal. As tragédias de outras pessoas e filmes de terror causam-lhes extrema ansiedade, porque podem imaginar que tudo isso é real, e poderia acontecer com eles ou seus familiares.

Promova hábitos saudáveis que favoreçam o relaxamento: atividade física, alimentação adequada, descanso, estabelecimento de rotinas.

Seja um exemplo para ele, mantenha a calma, sorria e fale com tranquilidade, porque as crianças imitam os comportamentos.

Dê importância aos seus sentimentos, não subestime o que acontece. Como adulto pode te parecer assuntos sem importância, mas é essencial compreendê-los e estar em seu lugar.

Ajude-os a elaborar estratégias para controlar o seu nível de ansiedade.

Trabalhe os pensamentos ou crenças sobre assuntos imaginários que criam preocupação.

Ensaie as situações com antecedência, de maneira que possa expô-lo ao que teme e comprovar que não é necessário entrar em pânico.

Cuide da sua autoestima e lhe forneça segurança em todos os momentos.

Procure um especialista que te ajude a desenvolver estratégias para controlar a situação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto