Se você sofre de ressecamento dos olhos, não está sozinho. É uma condição muito comum que afeta uma grande parte da população, especialmente a partir dos 40 anos, e mais mulheres do que homens. Felizmente, não é difícil de tratar nem costuma apresentar grandes perigos.

De repente, você sente como se tivesse os olhos cheios de areia, até dói para fechar as pálpebras! A vista parece borrada e te incomoda a luz. Não entre em pânico, você está experimentando os sintomas mais comuns da síndrome do ressecamento ocular. Você sabe em que consiste? Aqui te explicamos.

Os olhos normalmente estão cobertos por várias camadas de lágrimas. Na verdade, são três camadas: a mais fina e mais profunda consiste de mucina (uma forma de mucosidade); a do meio, que é a maior e mais espessa, é constituída basicamente por uma solução de água e sal; e a mais superficial é uma camada fina de lipídios (gorduras ou óleos), cuja principal função é reduzir a evaporação da camada de água salina que se encontra em baixo. Estas camadas mantêm o bem-estar dos olhos e a boa visão, e um problema em qualquer uma das três camadas afeta a produção de lágrimas. A evaporação excessiva da camada de água salina costuma ser o resultado de uma deficiência na camada superficial.

Os olhos também podem ressecar se você estiver tomando algum tipo de medicamento, como anti-histamínicos, antidepressivos ou contraceptivos orais. Outra causa é: se você pisca menos do que o normal (por manter os olhos fixos em uma tela como a do computador), ou se você não pode fechar bem as pálpebras, já que evaporam as lágrimas.

Olhos Secos: Conheça as Causas e Coloque em Prática As Soluções

Se você sofre de síndrome do ressecamento ocular, além dos olhos secos, poderia observar os seguintes sintomas:

  • Coceira.
  • Visão turva.
  • Sensação de queimação.
  • Sensação de ter um corpo estranho nos olhos.
  • Irritação ou vermelhidão.
  • Grande sensibilidade à luz.
  • Excesso de lágrimas. Isso ocorre porque, quando o olho se resseca e se irrita um pouco, pode se produzir um reflexo que aumenta a produção de lágrimas em um esforço para aumentar a umidade, e ver e se sentir bem novamente. Mas, como os olhos só podem lidar com certa quantidade de lágrimas, o resto sai e corre pelas pálpebras e pelas bochechas, provocando mais ressecamento.

Existem Fatores de Risco do Ressecamento dos Olhos?

Sim, existem. Em geral, o ressecamento dos olhos, embora incômodo, não resulta em perda de visão nem problemas significativos de visão. É mais comum em mulheres, especialmente depois de certa idade e em pessoas de origem asiática. Outros fatores de risco:

  • Menopausa. Aumenta as chances de sofrer ressecamento dos olhos. No entanto, as mulheres pós-menopáusicas que estão em terapia de reposição hormonal, especialmente de estrogênio, têm um risco maior de sofrer, do que aquelas que não tomam hormônios.
  • Fatores ocupacionais e ambientais. Entre eles: baixa umidade, temperaturas elevadas em interiores, exposição ao vento, poluição, má qualidade do ar, fumaça de cigarro e redução da piscada devido à leitura ou uso excessivo do computador.
  • Usar lentes de contato.
  • Deficiência de vitamina A.
  • Uma dieta pobre em ácidos graxos ômega-3.
  • Vários medicamentos, como diuréticos, antidepressivos e anti-histamínicos.
  • Quimioterapia.
  • Algumas doenças, como a hepatite C, a infecção por HIV ou diabetes.
    • Algumas Complicações Que Podem Surgir Com o Ressecamento dos Olhos:

      Normalmente, o ressecamento dos olhos não tende a dar maiores problemas. Mas você tem que estar alerta. Se a superfície do olho resseca muito, aumenta o risco de uma infecção. Se isso acontecer, pode afetar a córnea, que se afina, forma cicatrizes e até chega a ser perfurada, causando problemas de visão e às vezes inclusive a perda de visão.

      O Que Você Pode Fazer em Casa:

      Embora não haja cura para o ressecamento ocular, existem muitas coisas que você pode fazer por conta própria para aliviá-la. Por exemplo:

      • Usar nos olhos lágrimas artificiais e gotas ou géis lubrificantes.
      • Usar pomadas lubrificantes. Como são mais espessas do que as gotas e o gel, duram muito mais tempo, mas podem causar visão turva se você usar durante o dia. O melhor é usá-las durante a noite, enquanto dorme.
      • Instalar em casa um umidificador, especialmente se você usa o aquecimento no inverno ou ar condicionado no verão (ambos ressecam o ar). A umidade no ambiente alivia o ressecamento dos olhos.
      • Usar compressas quentes sobre as pálpebras.
      • Tomar um suplemento de ácidos graxos de ômega-3.
      • Deixar descansar os olhos (fechando-os durante 10 segundos a cada cinco ou 10 minutos), enquanto lê, assiste televisão ou trabalha no computador.

      Leia também: “Olhos Secos – Remédios para os Olhos Secos“.

      Quando é Preciso Tratamento Médico Para os Olhos Ressecados?

      Algumas vezes o ressecamento requer cuidado médico para que não surjam complicações. Provavelmente, o oftalmologista (médico especialista em olhos) prescreverá gotas para os olhos ou lubrificantes mais fortes, que exigem prescrição (receita), ou medicamentos para aliviar a inflamação ou para manter saudáveis as camadas de lágrimas. Você pode precisar de um antibiótico para combater uma doença que está ressecando os olhos. Em casos extremos, a cirurgia é utilizada.

      Mas se você sofre de ressecamento ocular, o mais provável é que não tenha que se preocupar muito. Você apenas tem que lidar com algum desconforto em certas atividades da vida diária, e na grande maioria dos casos, não há perigo de perda ou redução permanente da visão. Ainda assim, é aconselhável ir ao oftalmologista para garantir que você não tem nenhum problema que requer atenção. E se tiver, com a sua ajuda existem formas eficazes para combatê-lo.