O que é?

Excesso de produção de cera de ouvido (cerume), que provoca obstrução do canal auditivo.
A cera é produzida na orelha para proteger o tubo do tímpano para o exterior.

Causas

Excesso de produção de cera por glândulas no canal do ouvido.

Sintomas

A perda auditiva.
Sentir tamponamento.
Zumbido.

Prevenção

Evite áreas de poeira ou detritos no ar, estas condições estimulam a produção de cera.
Não revire as orelhas.
Não use cotonetes para limpar os ouvidos com muita frequência.

Diagnóstico e tratamento

Diagnóstico:
História e exame físico por um médico.

Tratamento:

Medidas gerais:
Para retirar a cera em casa:
Amaciando a cera: comprar gotas emolientes para cera. Com o contador.

Deite-se de lado com o ouvido afetado para o teto.
Levante cuidadosamente o lóbulo da orelha para cima e para trás.
Instilar o colírio, use a quantidade indicada nas instruções.
Deixe as gotas no ouvido durante 20 minutos.
Se possível, se mantenha deitado durante esse período.
Use tampões de algodão.
Sente-se, inclinando-se ligeiramente para o lado afetado.
Use uma seringa para irrigar o tubo cuidadosamente com água morna ou partes iguais de água e peróxido de hidrogênio (água oxigenada).
Repita até sentir irrigações desconectando orelha. Se isto falhar, consulte um médico.
Não tente remover com algodão ou cotonetes. Poderia danificar o tímpano ou causar uma infecção no canal auditivo.
Cuidado: se você tem um tímpano perfurado, não tente remover a cera. Consulte o seu médico.

Medicação:
Na dor leve, não use os medicamentos de prescrição como o paracetamol, METIMAZOL ou aspirina.
Após o tratamento, o médico pode prescrever amaciador de cera para usar quando necessário.

Atividade:
Sem restrições.

Dieta:
Nada requerido.

Chame seu médico se…
Você tem sintomas de um tampão de cera, apesar do tratamento descrito acima.
Uma criança menor de 4 anos tem uma cera de ouvido.
A rolha de cera é acompanhada de febre e dor. Nesse caso, não irrigue a orelha.

Possíveis complicações

Infecção no ouvido.
Prejuízo para o tímpano.

Prognóstico

A cera pode ser removida, mas em casos persistentes é preciso paciência.