Como você sabe a massagem é um procedimento que serve para tratar doenças físicas, mas por sua vez, também trabalha sobre a parte espiritual do ser humano, é uma terapia holística, que nos oferece um duplo benefício.

Os métodos de massagem que são utilizados atualmente provêm das técnicas de massagem sueca, alemã, francesa, inglesa, chinesa e japonesa.

O sistema sueco de massagem é baseado nos conceitos ocidentais de anatomia humana e utiliza técnicas tradicionais, como a fricção, amassamento, atrito, vibração e alguns golpes. São utilizados movimentos que podem ser lentos, suaves, vigorosos e tonificantes de acordo com o problema que se tenta corrigir.

O sistema alemão de massagem faz uso de muitos dos movimentos suecos e por sua vez, utiliza recursos, tais como os banhos terapêuticos.

O sistema francês e inglês de massagem utiliza movimentos procedentes do sueco e, simultaneamente, incorpora massagens faciais e terapias de beleza.

A acupressão é uma prática tradicional oriental que visa melhorar o corpo físico e espiritual que regulando o Chi que é a força vital de todos os seres vivos.

O shiatsu é um sistema de massagem japonesa que se baseia em exercer pressão com os dedos sobre determinados pontos energéticos do corpo, e mediante isso promove a circulação sanguínea, estimula os nervos e melhora o metabolismo ao mesmo tempo em que alivia as desordens físicas.

Além desses sistemas de massagens existem outros mais específicos, como é o caso da massagem desportiva que tem como objetivo preparar o atleta para a competição ou melhorar o seu corpo depois da mesma; a terapia da polaridade que se baseia no uso de técnicas orientais e ocidentais de exercícios físicos e mentais; e o método Tranger que usa exercícios de movimento chamados mentasticos, massagens e agitação das partes do corpo.

Também encontramos o sistema de Rolfing que alinha os segmentos corporais mediante a manipulação das fáscias do tecido conjuntivo; ou a Reflexologia que é originária da China e concentra-se na estimulação de determinados pontos nos pés e nas mãos que correspondem a áreas ou órgãos corporais.

Em nossos artigos te contamos um pouco sobre a sua história e como algumas das técnicas são atualmente utilizados, assim como a funcionalidade de cada uma.