A laringite é geralmente causada por uma infecção viral ou bactéria que produz um estreitamento da laringe e que pode provocar uma perda temporária da voz.

Outras causas de laringite são:

  • Alergias
  • Tosse
  • Fumar
  • Álcool
  • Crescimentos na laringe (tumores)
  • Uso excessivo da voz

É importante observar que a laringe está localizada na entrada do sistema respiratório e esta permite a passagem de ar desde a faringe até a traqueia. Na laringe se encontram localizadas as cordas vocais e, portanto, a voz é afetada por essa doença.

Alguns Sintomas da Laringite são:

  • Rouquidão
  • Garganta inflamada
  • Febre
  • Inchaço dos gânglios linfáticos ou glândulas do pescoço

Quando a laringite ocorre na infância é necessário ter cuidado, já que pode conduzir a uma perigosa obstrução respiratória.

Remédios Caseiros

  • Prepare uma panela de água fervendo com folhas de sálvia ou eucalipto ou óleos essenciais tais como eucalipto, sálvia ou lavanda. Depois de 10 minutos, retire a panela do fogo. A pessoa coloca uma toalha na cabeça, como uma tenda, em seguida, incline-se sobre o recipiente e respire o vapor pela boca.
  • Prepare um copo (250 ml) de água fervendo e despeje 1 ou 2 framboesas durante 10 minutos e, em seguida, com essa água faça gargarejos.
  • Comer determinados alimentos como gengibre, mel, limão e suco de abacaxi.
  • Envolva o pescoço com uma toalha embebida em água quente e mantenha contra o pescoço durante 15 minutos.
  • Faça gargarejos com água salgada e morna.
  • Beba uma infusão de casca de tangerina, no caso de ter perdido a voz temporariamente, devido à laringite.
  • Beba uma mistura a base de clara de ovo, suco de limão e açúcar com o objetivo de recuperar a voz.
  • Rale alguns rabanetes picantes e adicione o suco de um limão e meia colher de chá de mel, despeje em um copo de leite morno e deixe repousar a mistura. Em seguida, coe e beba a preparação.

Recomendações

• Descanse as cordas vocais e procure se manter sem falar por dois dias. Se você tem a necessidade de se comunicar, não sussurre, já que, ao fazê-lo, suas cordas vocais batem uma na outra com a mesma força de que se você estivesse gritando. É melhor se comunicar por escrito.

• Lave as mãos com frequência e cuidadosamente e evite o contato com pessoas que possam estar doentes.

• Pratique uma técnica de relaxamento ou exercício para reduzir o estresse.

• Evite fumar, a fumaça do cigarro pode agravar a laringite.

• Beba mais líquidos, isso inclui de oito a dez copos de água por dia, sucos e chás com mel ou limão.

• Coma frutas e vegetais crus.

• Não use gelo. Os líquidos mornos ou quentes são os melhores. As bebidas frias só agravam o problema.

• Evite o álcool, já que pode irritar a garganta.

• Use um umidificador de vapor frio. A mucosa que cobre as cordas vocais deve conservar a sua umidade. Quando esta se perde, o muco pode se tornar pegajoso formando uma área muito atraente para as bactérias.

• Respire pelo nariz. Respirar pelo nariz é uma forma de umidificação natural. As pessoas que têm a tendência de abrir a boca para respirar ou quando estão dormindo podem sofrer com mais frequência desta doença, já que expõem a laringe ao ar seco e frio. Por isso, é necessário avaliar a maneira de respirar.

• Verifique medicamentos consumidos. Determinados medicamentos receitados para a hipertensão arterial, problemas de tireoide e os anti-histamínicos podem causar muito ressecamento das mucosas e, com isso, podem facilitar a laringite.

Consulte um médico se:

  • Os sintomas duram mais de 10 dias.
  • Existe dor intensa e dificuldade para engolir a saliva.
  • Apresentar tosse com expulsão de sangue.