Consultar um dermatologista é uma prioridade para determinar a causa das suas manchas de pele. Neste artigo, diremos quais tipos existem, quando é melhor tratá-las e quais são os melhores tratamentos para manchas de pele.

As manchas na pele são marcas visíveis na pele, que são produzidos por uma distribuição diferente de melanina e melanócitos. Na maioria dos casos, as manchas na pele representam apenas um problema estético. No entanto, alguns casos devem ser monitorados para que não se tornem um melanoma.

Depois de tomar sol, mesmo quando somos cuidadosos, muitas vezes descobrimos pequenas manchas marrons em áreas como rosto, ombros, pescoço ou mãos. Por que elas ocorrem?

Manchas da Pele: Causas E Tratamentos Para Remover Manchas na Pele

Os fatores externos alteram a produção natural de melanina (substância essencial para a vida celular porque ela dá cor à nossa pele, nossos cabelos e nossos olhos e é um poderoso escudo de proteção solar), se é gerada em excesso, ocorre uma pigmentação que vemos no primeiro aparecimento dessas manchas na pele.

Quanto mais jovem a mancha, mais rápido e mais eficaz será o tratamento. Caso contrário, pode permanecer por anos e com o aparecimento de mancha na pele é essencial consultar um especialista, pois o tratamento será mais eficaz se determinar a origem de imediato.

Tipos e Causas das Manchas na Pele

Melasma

Manchas que podem ocorrer a partir de 20 anos de idade. Elas são marrons escuras e simétricas. Aparecem na face (no lábio superior, bochecha, testa, ou ao redor dos olhos) e são manchas pigmentadas. Surgem devida à exposição ao sol em excesso, mas também pode ocorrer na gravidez, distúrbios hormonais ou tratamentos contraceptivos, entre outros fatores. Mesmo quando cuidamos com frequência a melasma tende a voltar. Por isso é muito importante cuidar da exposição da pele à luz solar.

Manchas de Sol

Aparece depois de anos de exposição ao sol. São manchas escuras e também pequenas e bem definidas que aparecem na face, peito, costas e mãos e membros superiores e inferiores. É devido ao acúmulo excessivo de melanina na epiderme. Elas geralmente aparecem após 30 anos de idade e tem a ver com predisposição e exposição ao sol.

Manchas Vermelhas Na Pele

A vermelhidão da pele é um fenômeno muito comum. Há muitos casos nos quais a epiderme se inflama e aparecem manchas avermelhadas que é um sinal de que algo não está funcionando como deveria. Suas Causas podem ser:

Urticária

É a mais comum e sua principal característica é o aparecimento repentino de vermelhidão na superfície cutânea. Quais são as razões da urticária? Intolerância ou alergia a determinados alimentos ou medicamentos.

Doenças Infectocontagiosas

Há muitos casos em que estas carregam manchas vermelhas na pele. São disfunções transmitidas por vírus e que trazem consigo a vermelhidão da superfície da pele. As mais conhecidas são o sarampo, a rubéola, a varicela e a mononucleose infecciosa. Há micoses nas quais também se apresentam estas protuberâncias.

Doenças de Pele

Quando se manifesta a acne, esta envolve a vermelhidão da epiderme em muitos casos. Evoluem até se converterem em espinhas.

Os bebês costumam apresentar com relativa frequência o chamado eczema atópico, com vermelhidão da pele acompanhada de coceira.

Dermatite Seborreica

Costuma se apresentar em 50% da população adulta, e envolve o surgimento de descamação na pele, especialmente nas áreas muito oleosas, como o couro cabeludo, rosto ou no interior das orelhas. Esta se manifesta pelo aumento da secreção comum das glândulas sebáceas e é acompanhada pela presença de manchas vermelhas na pele na área afetada por esse problema.

Telangiectasia

Neste caso, aparecem de maneira muito enfática na parte do nariz e nas bochechas. São manifestações da vermelhidão da pele que toma a forma de raízes. Nesses casos, é muito frequente naqueles que têm a pele especialmente sensível, que chegam a tomar muito álcool ou quando se toma muito sol, pela exposição excessiva à luz solar.

Manchas Brancas

Elas são como os cabelos brancos na pele, pernas ou braços causadas pelo sol em que os melanócitos (células que produzem a cor) deixam de fazer o pigmento, resultando em manchas brancas. Outras manchas brancas são causadas por vitiligo, que são crônicas e podem às vezes ter ser pigmentadas. São de origem desconhecida e estão relacionadas a distúrbios hepáticos ou endócrinos.

Embora o envelhecimento celular seja irreversível, com o tratamento adequado a sua aparência e até os sinais visíveis dos mesmos tem uma melhora significativa.

Tratamentos Para Manchas de Pele

Cada mancha requer um tratamento específico de acordo com o diagnóstico dermatológico, o tipo de pele e as características gerais do indivíduo.

Portanto cada um deve receber o tratamento mais adequado. As possibilidades terapêuticas que vão desde cremes para a pele ao uso de lasers mais sofisticados, através de procedimentos de baixa complexidade, como peelings. Veja alguns dele aqui:

Protetor Solar

É o tratamento número 1. Deve ser aplicado todos os dias do ano, mesmo quando o tempo está nublado.

Aplicação de Produtos com Princípios Ativos Importantes

Existe uma grande variedade de produtos no mercado, os mais utilizados e eficazes são a hidroquinona e o ácido retinoico, mas também existe o ácido glicólico e o ácido mandélico. Outros agentes despigmentantes são o ácido ascórbico (vitamina C), ácido fítico, ácido kójico e o ácido azelaico. Seu uso geralmente é feito em casa, mas sempre com indicação médica.

Peelings

Existem 2 tipos de peeling, o químico e o físico. O peeling químico se trata de uma descamação ou esfoliação da pele. Consiste no uso de diferentes substâncias químicas: ácido mandélico, glicólico, retinoico entre outros.

O peeling físico se trata de uma esfoliação mais mecânica, mas com o mesmo objetivo, renovar as camadas superficiais da pele.

Um exemplo de peeling físico é o peeling de cristal, é uma esfoliação feita através de microcristais de óxido de alumínio. Isso remove as células superficiais da pele para sua renovação, as células mortas são aspiradas e dessa forma ocorre uma melhoria no tom, textura da pele sem falar na regeneração celular.

Luz Pulsada

Aquece de forma precisa a área a ser tratada. O objetivo é remover as pigmentações da pele. Geralmente é necessário de 3 a 4 sessões com intervalos de 1 mês.

Laser

Para tratar peles com manchas claras ou melasmas. O tratamento consiste em um feixe de laser que fragmenta o pigmento em partículas muito pequenas que são eliminadas naturalmente. O método é muito eficaz e seu resultado é notável em 4 a 6 sessões normalmente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto