Nós todos desejamos ser jovens durante o maior tempo possível. Claro que, ser jovem, não apenas requer ter uma pele lisa e limpa. Nós também precisamos contar com um organismo em boas condições e, é claro, fazer com que o nosso espírito também seja jovem. O corpo e a mente têm um tratamento, mas existem vitaminas que ajudam a retardar o envelhecimento.

Manter alguns hábitos saudáveis, como uma dieta equilibrada, uma rotina de exercícios diária, beber muita água e levar uma vida tranquila, livre de vícios e mau comportamento, ajudam no propósito. Mas nosso tema de hoje são as vitaminas que ajudam a retardar o envelhecimento. Vejamos a seguir quais são.

As vitaminas que ajudam a retardar o envelhecimento são as vitaminas A, C, D e E. Mas, por que estes compostos especialmente conseguem esse objetivo?

Vitaminas Que Ajudam a Retardar o Envelhecimento

Vitamina A. A vitamina A é um grupo de compostos que desempenham um papel importante na manutenção saudável da visão, do crescimento ósseo e da divisão celular. A divisão celular é a propriedade das células que permite a regeneração. E é precisamente esta propriedade de regeneração que tem vitamina A, que ajuda a retardar o envelhecimento. Sabemos que a pele, como qualquer órgão, possui células que morrem diariamente. Também têm células que possuem a capacidade de se reproduzir sozinhas. A vitamina A favorece os processos de divisão celular, substituindo as células mortas que, em essência, são as que produzem as rugas.

A vitamina A, de origem vegetal, se encontra em frutas e verduras de cor amarela, laranja ou vermelha. Consumir as frutas e verduras, sem submetê-las ao processo de cozimento faz com que assimilemos os seus benefícios totalmente, entre eles, a propriedade de retardar o envelhecimento. Finalmente, para fechar o capítulo da vitamina A, para obter os seus benefícios deve ser acompanhada da recepção de luz solar e de uma rotina diária de exercícios.

Leia também: "O Chá Verde Ajuda a Retardar o Envelhecimento".

Vitamina C. Você já ouviu falar do ácido ascórbico? Este é o nome químico da vitamina C e é amplamente utilizado na composição de cosméticos. Isso ajuda, por exemplo, a prevenir o envelhecimento precoce e também é útil para tratar outros problemas de pele, como acne e manchas. O ácido ascórbico, presente na vitamina A, retarda o envelhecimento, já que tem propriedades antioxidantes que atacam os radicais livres. Por outro lado, o ácido estimula a produção de colágeno na pele, reduzindo a flacidez e influenciando sobre os melanócitos - células que armazenam a melanina – padronizando a cor da pele. O uso cosmético do ácido ascórbico pode ser aplicado por meio de cremes ou comprimidos efervescentes, cápsulas, sucos de frutas enriquecidos e muitas outras maneiras. No entanto, os estudos científicos mostram que o uso contínuo de vitamina C, por si só, traz grandes benefícios para a pele. A vitamina C se encontra em grandes quantidades nas frutas cítricas, como limão, lima, laranja, tangerina e goiaba.

Vitamina D. A vitamina D, ao contrário das outras vitaminas, pode ser obtida apenas com a exposição à luz solar. Esta vitamina ajuda a retardar o processo de envelhecimento das células e tecidos. Estudos muito sérios, entre eles, um do Kings College de Londres, que trabalhou sobre uma amostra de duas mil mulheres, demonstrou que aquelas que tinham níveis mais elevados de vitamina D apresentavam menos alterações em seu DNA associadas com o envelhecimento. A falta de vitamina D tem sido relacionada ao desenvolvimento da esclerose múltipla e da artrite reumatoide.

O material genético dentro de cada célula havia construído um relógio biológico que registava as diversas divisões celulares. O encurtamento das cadeias é uma forma de examinar o processo de envelhecimento, a nível celular. Estas extremidades dos cromossomos são encurtadas ao longo das paredes das células ao longo da nossa vida, até chegarem a serem tão curtas que tornam inviável a vida da célula.

As pessoas com altos níveis de vitamina D podem envelhecer mais lentamente do que pessoas com níveis mais baixos. A vitamina D tem um efeito protetor sobre muitas doenças relacionadas com a idade, como as cardiovasculares, o câncer, a doença de Alzheimer ou a demência senil.

Leia também: "Existe Alguma Dieta Para Retardar o Envelhecimento?".

Vitamina E. A vitamina E ou alfa tocoferol se encontra, principalmente, em óleos ou em sementes secas. É um dos antioxidantes mais importantes que se encontram nos alimentos. A vitamina E pode ser encontrada nas farmácias em forma de cápsulas para administração oral. A vitamina E é adequada para a proteção das células do corpo, devido ao seu poder antioxidante. A vitamina E é amplamente utilizada em terapias anti-envelhecimento. Por outro lado, a vitamina E também se conhece como a vitamina da fertilidade ou antiestéril. É indicada para mulheres que estão em tratamento de fertilidade. Esta vitamina também ajuda o corpo a absorver melhor a vitamina A. Recapitulando: o consumo de vitamina A, vitamina E, luz solar, exercício e bastante água asseguram a juventude durante muitos anos.

Os alimentos ricos em vitamina E são, em sua maioria, alimentos vegetais como cereais integrais, óleos vegetais e sementes. Além disso, a gema de ovo e o fígado bovino também são alimentos ricos em vitamina E. Dado que a vitamina E se encontra nos alimentos gordos, como óleos vegetais, frutos secos, castanha do Brasil, abacate, quando consumida em excesso pode causar ganho de peso. A vitamina E, ao ser o antioxidante natural mais poderoso que existe, ajuda a pele a se manter firme e na formação de colágeno. Além disso, a vitamina E pode promover a cicatrização da pele, ajudando a formação de fibras elásticas, que são muito importante nos processos de cicatrização de queimaduras.

São quatro as vitaminas que ajudam a retardar o envelhecimento. É necessário manter um equilíbrio no consumo delas para conseguir obter seus melhores benefícios. Boa sorte com elas!