Ouvimos falar com frequência de carnes magras, se trata de proteínas com baixo teor de gordura que deve ser consumida especialmente em casos de pacientes com problemas cardíacos, problemas de colesterol ou excesso de peso.

No entanto, no momento da compra nem sempre sabemos com clareza, quais são as carnes magras, que cortes devem ser escolhidos e quais não devem ser utilizados. Já aconteceu com você? Hoje te explicamos com detalhes tudo o que você precisa saber sobre carnes magras.

A respeito das carnes, sempre fazemos uma grande diferença: carne vermelha e carne branca, mas além da cor dela, hoje mostramos as propriedades de cada uma delas e truques para aproveitá-las ao máximo.

Carnes Branca e Vermelha: Benefícios, Consumo e Cortes Magros

Propriedades e Benefícios da Carne Vermelha

A carne vermelha, como muita outras carnes são fonte de proteínas de qualidade para o nosso corpo e oferecem quantidades que variam de 15 a 25%.

Elas também são fonte de gordura, especialmente saturadas, sendo fonte de energia, se não escolhemos as opções mais magras para consumir. Possuem potássio, fósforo, ferro em quantidades apreciáveis e várias vitaminas.

As carnes Vermelhas fornecem colesterol em proporções de 80 a 110 mg por 100g e tem diferente das carnes brancas, uma quantidade maior de purinas que em nosso corpo acabam produzindo ácido úrico, um composto que em excesso pode significar um fator de risco para várias doenças.

Carnes vermelhas podem ser consumidas regularmente, mas não em excesso, sendo uma forma de garantir o consumo de ferro de qualidade, ou seja, que é facilmente absorvido pelo organismo, ajudando a prevenir anemia, as carnes vermelhas também possuem ácido fólico, que favorecem o aproveitamento do ferro.

Além disso, outro benefício oferecido pela carne vermelha é a qualidade superior de suas proteínas, assim como seu conteúdo de zinco, ambos os fatores são determinantes para um bom desenvolvimento muscular.

Perigos do Excesso de Consumo de Carnes Vermelhas

Embora a carne vermelha seja um alimento nobre, desde que opte por escolhas mais frescas e se possível orgânica, seu consumo excessivo (mais que duas porções por dia) pode levar a alguns riscos à saúde.

Especificamente, consumir cerca de 350 gramas diárias de carne vermelha tem sido associado a um maior risco de de sofrer um AVC, além de causar um aumento no consumo de purinas que se não forem bem metabolizadas ou incluídas em uma dieta saudável, podem elevar ao ácido úrico no sangue.

Por outro lado, como todo alimento proteico, um consumo excessivo de carne vermelha pode representar uma ingestão excessiva de proteínas e isso, pode sobrecarregar seu sistema renal, assim como a acidificação cause problemas hepáticos, renais e ósseos ao mesmo tempo.

Como Consumir Carne Vermelha Para Cuidar da Saúde

O ideal é buscarmos fazer um consumo adequado da carne vermelha e não superar as 2 porções diárias e fazer com uma frequência de duas a três vezes por semana, acompanhadas sempre de legumes e frutas, água e outros alimentos, bem como hábitos saudáveis.

Como Consumir Carne Vermelha Para Cuidar da Saúde

As carnes vermelhas magras são as mais recomendadas como a carn2e de vaca, vitela,

porco ou cordeiro, sendo os cortes mais apropriados o filé mignon, paleta, patinho etc.

No momento do cozimento, além de escolher a carne vermelha mais adequada, recomendamos o uso de métodos culinários cuja a temperatura e fogo sejam moderados, já que a temperatura alta e fogo direto podem queimar a carne, originando substâncias tóxicas.

Lista de Cortes de Carnes Magras

Carnes Vermelhas:Carnes Brancas:Peixes:Outras Carnes:
AlcatraPeito de FrangoBacalhauCoelho
AcémPeito de PeruBadejoCordeiro
MaminhaPernil (Porco)CaçãoPato
Coxão MoleLombo (Porco)Dourado
Coxão DuroLinguado
MúsculoMerluza
Miolo de PaletaNamorado
PatinhoTilápia
Filé Mignon

Propriedades e Benefícios da Carne Branca

Embora em termos de proteína, as carnes brancas podem ter uma qualidade um pouco inferior, elas podem ter igual ou mais quantidades de nutrientes que a carne vermelha, dependendo do corte escolhido, atingindo 28% do teor de proteína.

Embora se acredite que são muito mais magras que as carnes vermelhas, a carne branca pode ter entre 1 a 30% de gordura, dependendo da alternativa escolhida e seu modo preparo. Igual as carnes vermelhas, são fonte de proteína e gordura.

Possuem potássio, fósforo, iodo, zinco e várias vitaminas, ferro em menor quantidade que as carnes vermehas e colesterol em proporções que variam entre 40 a 80 mg por 100 g.

Possuem baixo teor de purina comparado as carnes vermelhas e por isso são mais usadas em uma dieta saudável, pois são mais fáceis de digerir, especialmente se optarmos por cortes com baixo teor de gordura.

Perigos do Excesso de Carne Branca

As carnes brancas são as mais recomendadas quando é indicado a redução de gordura na alimentação e também é mais consumido em uma alimentação saudável. No entanto nem todas as carnes brancas são igualmente saudável, dependerá do corte escolhido e da remoção ou não da pele das aves, que pode conter alto teor de gordura.

Se consumirmos carne branca em excesso, podemos exceder em proteína e sofrer as mesmas consequências que a carne vermelha em excesso: problemas renais e hepáticos, assim como um aumento da excreção do cálcio através da urina, que acaba afetando negativamente a saúde óssea.

Como Consumr Carne Branca Para Cuidar da Saúde

O mais recomendado numa dieta saudável é consumir carnes brancas de maneira alternada com as carnes vermelhas. Sem esquecer de consumir junto a frutas e verduras variadas, água e outros alimentos saudáveis.

Podemos encontrar carnes brancas em aves, como o frango e o pato ou outras menos comuns como o peru.

Recomendamos também que cozinhe a uma temperatura moderada com métodos como cozer,refogar, grelhar mas não queimar, ferver ou cozinhar a vapor e sempre escolher opções magras como o filé de peito.

Carne Vermelha ou Carne Branca? Qual Consumir?

Ao comparar carnes vermelhas e brancas podemos ver que ambas tem suas vantagens e desvantagens, por isso não existe uma opção melhor que a outra, mas sim que é importante fazer um consumo moderado de ambas, incluindo em uma dieta saudável.

Também é importante notar que tanto a carne vermelha como a carne branca são essências na dieta, mas seu consumo pode facilitar o acesso às proteínas de qualidade, assim como mineiras de alta disponibilidade como o ferro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto