Dispepsia é um termo que engloba uma série de sintomas gastrointestinais: dor e inchaço abdominal com ou sem náuseas, arrotos, flatulência e acidez (geralmente depois de comer).

A dispepsia pode ser devido a diferentes doenças do trato digestivo tais como úlcera gástrica, gastrite, cálculos biliares (colelitíase), ou doenças do pâncreas.

Os médicos utilizam atualmente como definição de "dispepsia não ulcerosa" para se referir aos sintomas de dispepsia, quando os estudos são negativos ou normais para outras doenças do aparelho digestivo e o denominam como "doença de dispepsia funcional", já que não existe nenhuma causa orgânica estrutural no corpo que explique os sintomas.

Os sintomas comuns da dispepsia não ulcerosa são dor ou desconforto no abdômen superior que melhora com os alimentos ou antiácidos, flatulência, náuseas, vômitos, sensação de saciedade, mesmo com pequenas refeições.

Causas da Dispepsia

A causa da dispepsia não ulcerosa é desconhecida, já que os sintomas são inespecíficos; são relacionadas às alterações de humor, o estresse e a alimentação. Geralmente tenta-se descartar outras doenças que causam sintomas semelhantes. O médico irá realizar alguns exames, se considerar adequado.

Leia também: "Remédios Caseiros Para Indigestão ou Dispepsia".

Tratamentos Para Dispepsia

Normalmente, os sintomas da dispepsia melhoram com mudanças na alimentação e atividade física. Você deve:

Diminuir o Estresse e a Ansiedade

Pode parecer que não está relacionado, mas o estresse emocional pode nos causar problemas estomacais. É importante, portanto, que tratemos nossa ansiedade e para fazer uma boa digestão.

Evite Maus Hábitos

Fumar cigarros e beber álcool são facilmente dois dos piores hábitos se você está lutando com os sintomas de indigestão. Tanto fumar como consumir álcool são conhecidos por irritar o estômago.

Beba apenas moderadamente ou deixe esse hábito completamente se os sintomas persistirem. No caso do cigarro, você deve parar imediatamente, pois não só faz mal para o estômago, mas para todo o seu corpo.

Faça Refeições Leves

Nada de comer como se não houvesse amanhã, estar cheio até a garganta complicará muito a dispepsia que sofremos. Comer um pouco menos, saborear muito mais e ficarmos sempre com a sensação de estarmos leves.

Coma Devagar

A pressa é má conselheira, devemos comer devagar e mastigando bem. É preferível comer um pouco menos e fazê-lo com tranquilidade que ingerir tudo de uma só vez, porque temos que sair correndo.

Atividade Física

m primeiro lugar, nos ajudará a aliviar o estresse, o que por sua vez, agrava os sintomas. E segundo, promoverá o apetite e o processo de digestão. Além disso, é sempre aconselhável praticar esporte.

Medicamentos Para Dispepsia

Uma grande quantidade de medicamentos pode melhorar a dispepsia não ulcerosa, se incorporados nas modificações acima descritas.

Alguns medicamentos ajudam a reduzir a acidez (antiácidos) ou flatulência, outros melhoram a digestão. Você deve consultar o seu médico para avaliar e diagnosticar adequadamente seus sintomas, excluir outras condições e indicar alguma medicação se for necessário.