Angiografia Coronária: Uma Viagem Pelas Artérias Do Coração

"Como estão minhas artérias?", é a pergunta que muitos se fazem quando descobrem que as artérias obstruídas são a principal causa dos ataques cardíacos. Se você também está se perguntando, uma angiografia coronária pode te dar a resposta. Continue a leitura para descobrir do se trata.

Verificar como estão as artérias ou as veias por dentro pode parecer uma ideia para um filme de ficção científica, mas realmente é importante desde o ponto de vista médico. Quando as artérias se endurecem e são bloqueadas, obstruindo a passagem de sangue, seja a que nutre o coração ou o sangue que sai ou chega ao coração, aumenta o risco de sofrer um ataque cardíaco. Por isso, existe a angiografia coronária, também chamada de angiograma, um tipo de exame ou procedimento médico que permite avaliar (por meio de uma radiografia) suas artérias coronárias (as do coração) por dentro, para saber se alguma está obstruída.

Como Funciona a Angiografia Coronária

Como se faz? A técnica deste exame é realmente complexa, não é uma radiografia comum. Vamos explicar... Para começar, depois de anestesiar a pele, se coloca um tubo fino chamado cateter através de uma artéria geralmente na virilha (às vezes no braço), que chega ao seu coração, e no cateter é injetado um corante (um material de contraste, geralmente iodo) que entra no sangue. Esse corante se torna visível nas radiografias e permite ver o caminho do sangue através do seu coração e assim identificar anormalidades como uma obstrução em sua passagem, uma dilatação da artéria (que se chama aneurisma), etc. A máquina de raios-X (também se usa um fluoroscópio) faz várias imagens que podem ser armazenadas em formato digital, no computador e que podem ser impressas, para analisar com mais detalhes. Vão te dar um sedativo antes do estudo. Você poderá ir para casa no mesmo dia ou no dia seguinte, dependendo do que é feito e do que é encontrado.

Angiografia Coronária: Uma Viagem Pelas Artérias do Coração

Embora seja um procedimento de diagnóstico, quando está indicado, podem ser realizadas manobras terapêuticas, como a angioplastia. Esta consiste em desobstruir uma ou mais áreas bloqueadas e colocar um "stent". Este é um tubo que ajuda para que a artéria permaneça aberta.

Leia também: "Como Se Preparar Para Uma Angiografia".

Apesar de não ser um procedimento simples, e, obviamente, não deve ser praticado em todas as pessoas, tem suas indicações e atualmente são praticadas milhares de angiografias coronárias diariamente e, em muitos casos, salvam vidas. Obviamente, os benefícios devem superar os riscos. Os riscos incluem: ataque cardíaco, derrame cerebral, arritmia cardíaca, queda da pressão arterial, danos na artéria onde se insere o cateter, hemorragia, coagulação do sangue, alergia ao meio de contraste, infecção ou dano nos rins (especialmente em pacientes com diabetes).

Por isso, o seu médico apenas te recomendará quando existirem indícios de que você está em risco de desenvolver um problema maior de coração. Por exemplo, quando você se encontra em uma emergência cardíaca ou quando sente uma forte dor no peito (angina de peito) sozinha ou acompanhada por uma dor inexplicável no braço, no pescoço e na mandíbula. Especialmente se for associada com falta de ar. Também pode te recomendar quando você tem outras condições médicas onde é necessário obter mais informações como em certos defeitos congênitos do coração, certas insuficiências (falhas) cardíacas, certos problemas das válvulas do coração ou em suas veias. Inclusive, alguns médicos recomendam fazer angiografias coronárias quando seus pacientes vão passar por outra cirurgia e podem ter riscos de sofrer do coração durante a intervenção.

Embora a angiografia coronária seja a mais comum, porque avalia as artérias próximas do coração, não é a única. Também podem fazer em outros vasos do corpo, como a angiografia cerebral, angiografia carótida (cabeça e pescoço), angiografia periférica (braços e pernas) ou da aorta (angiografia da aorta).

Além disso, também existem exames menos invasivos para conhecer suas artérias e veias por dentro, como uma angiografia por ressonância magnética ou por tomografia computadorizada. No entanto, a angiografia por raios-X é a mais utilizada e eficaz. Além disso, quando se realiza por uma equipe profissional experiente, tem sido comprovado ser um procedimento seguro.

Portanto, se o seu médico te recomendou, deve ser porque pode te oferecer informações realmente importantes para cuidar da sua saúde. Se você vai realizar uma angiografia coronária, informe-se muito bem sobre como você deve se preparar para o procedimento e o que esperar e assim evitará ter surpresas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto