O Que é Hérnia de Hiato?

É a inflamação do esôfago resultantes do movimento do líquido formado por ácido e outros conteúdos que trazem refluxo para o esôfago do estômago.
Isso pode ocorrer com ou sem um enfraquecimento da válvula do esôfago e estômago (hérnia de hiato).

Causas

Desconhecidas.

Sintomas

Os seguintes sintomas se desenvolvem normalmente uma hora ou mais após a ingestão de alimentos:

  • Queimação no peito, sensação de queimação (na área do coração e atrás do esterno).
  • Pode ser confundido com sintomas de ataque cardíaco.
  • Soluços, com a sensação de azia.
  • Dificuldade de deglutição (raro).

Leia também: “Remédios Caseiros Para Hérnia de Hiato“.

Fatores de Risco

  • Fraqueza congênita na área do músculo diafragma através da qual passa o esvaziamento do esôfago até o estômago.
  • Traumatismos abdominais que podem causar muita pressão vinda de algumas partes do diafragma.
  • A constipação crônica e fadiga ao realizar evacuações.
  • Obesidade.
  • Gravidez.
  • Fadiga constante ou puxar os músculos abdominais ao levantar.
  • Tabagismo.
  • Idade superior a 50 anos.

Prevenção

Evitar deitar logo após as refeições.
Evite refeições pesadas.

Hérnia de Hiato

Leia também: “Dieta Para Hérnia De Hiato E Sobrepeso“.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico:

Para o diagnóstico é necessário realizar um exame físico detalhado e história do paciente.
Os exames de sangue, raios-X, endoscopia, manometria esofágica (estudo das pressões dentro do esôfago) e análise de perfusão de ácido (através da introdução de ácido no esôfago reproduzidos os sintomas).
Note-se, eventualmente, para excluir malignidade subjacente.

Tratamento:

Os objetivos primários do tratamento são o alívio dos sintomas e prevenir e gerir as complicações.
Ele irá optar pela cirurgia apenas em casos graves, e não em casos complicados ou casos de responder à terapia convencional.
Enquanto dorme, eleve a altura da cabeça de 10 a 15 centímetros.
Se você fuma, pare.
Não use cuecas apertadas, cintos, roupas íntimas ou cintos apertados.
Não canse no trabalho ou levante pesos ou contenha micção excessiva.
Perca peso se você precisar.

Medicação:

Antiácidos:
Aqui são mais eficazes para algumas pessoas, quando tomado 1 hora antes das refeições e ao deitar.
Para outros, o mais útil de 1 ou 2 horas após as refeições e ao deitar.
Eles são a medicação de escolha para esse distúrbio.
Os bloqueadores H2 (cimetidina e derivados) e os inibidores da bomba de prótons (omeprazol e seus derivados) inibem a produção de ácidos.
São muito eficazes, mas para cancelar a secreção fisiológica (natural) de ácidos, deve ser reservada para casos mais teimosos.
A medicação pode ser condenada a acelerar o esvaziamento gástrico.

Dieta:
Não coma logo antes de deitar.
Tome pequenas refeições frequentes: 5-6 refeições leves em vez de 2 ou 3 grandes refeições.
Evite alimentos condimentados, frutas cítricas, tomates, cafeína e álcool.
Coma menos gordura e mais proteína.

Possíveis Complicações

Sangramento do esôfago: pode tornar-se importante, mesmo levando ao choque.
Confusão com um ataque cardíaco. Mas lembre-se que você pode ter as duas doenças juntas!
Estenose (estreitamento) do esôfago.
Possível câncer de esôfago.

Prognóstico

Os sintomas geralmente pode ser controlados.
Se os sintomas não podem ser verificados e, aparentemente, está causando uma irritação esofágica e a cura da úlcera, esta situação pode ser corrigida por cirurgia, embora na maioria dos casos não seja necessário.