Às vezes você sente que treme a pálpebra e não pode controlar, mas depois de alguns segundos passa. É algo sério? Normalmente, os espasmos involuntários das pálpebras são transitórios e inofensivos. Aqui, te contamos por que pode tremer a pálpebra e quando deve se preocupar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por Que A Pálpebra Treme?

Normalmente, o tremor da pálpebra é algo inofensivo que se conhece com o nome de blefarospasmo, o termo para nomear os espasmos ou contrações involuntárias dos músculos ao redor dos olhos.

Por vezes, a pálpebra pode se fechar (ou quase se fechar) de maneira repetitiva e, em seguida, se abre. Essas contrações, que já aconteceu com a maioria das pessoas, pelo menos uma vez em sua vida pode durar alguns segundos ou minutos. Às vezes, podem ocorrer esporadicamente durante alguns dias, semanas ou meses. Enquanto os incômodos e inconvenientes são geralmente inofensivos e para evitá-los, basta mudar alguns hábitos de vida.

Minha Pálpebra Treme, Devo me Preocupar?

O Que Provoca Tremor nas Pálpebras?

Estresse

Prestar atenção no momento em que você os sente. É possível que os espasmos apareçam em momento de estresse e, em seguida, desapareçam ou diminuam e novamente voltem a aparecer. Quando a situação estressante se resolve, os tremores também deveriam desaparecer. Se não é assim, consulte o seu médico.

Esforço da Vista

Quando você não consegue enxergar direito, tem que forçar a vista para poder focar nos objetos e isso também pode causar tremores nas pálpebras. O mesmo acontece quando você passa muitas horas lendo na frente da tela do computador. Em geral, isto pode ser resolvido simplesmente usando óculos adequados. Consulte um oftalmologista ou optometrista sobre que tipo de óculos você deve usar.

Fadiga Ocular e Olhos Secos

Duas condições que também são aumentadas quando você passa muitas horas lendo na frente do computador. Dormir bem à noite ou tirar um cochilo curto pode te ajudar com a fadiga ocular. Para combater o olho seco, por outro lado, existem diferentes colírios para os olhos, que ajudam a lubrificar o olho. Antes de comprar um colírio de venda livre, sempre é preferível consultar um oftalmologista para que possa te indicar qual é o apropriado para você.

Leia também: "Olhos Secos – Remédios para os Olhos Secos".

Consumo de Cafeína e Álcool

Se você consome uma grande quantidade de café, refrigerante ou álcool deixe de fazê-lo ou reduza a quantidade, para descartar que a cafeína e/ou álcool sejam os responsáveis por seus tremores na pálpebra.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Às vezes, as contrações das pálpebras são mais severas e podem fazer com que a pálpebra se feche completamente. Isto pode ser causado por uma irritação na superfície do olho (córnea) ou nas membranas que revestem as pálpebras. Se isso acontecer, não deixe de consultar um oftalmologista, para que possa te indicar o tratamento adequado o quanto antes.

Pálpebra Tremendo, Quando Devo Me Preocupar?

Em outras ocasiões, embora não sejam muito comuns, os espasmos estão relacionadas com outras condições de saúde vinculadas com distúrbios ou transtornos no cérebro ou no sistema nervoso, como esclerose múltipla, distonia (um distúrbio do movimento que provoca contrações musculares involuntárias), doença de Parkinson e síndrome de Tourette (um transtorno neurológico crônico que provoca tiques motores e vocais), entre outras causas.

Quando o tremor é causado por uma condição de saúde, como as que acabamos de mencionar, é importante consultar o seu médico regularmente para manter a situação sob controle.

Outros sinais de alerta que requerem uma consulta com o seu oftalmologista é quando o tremor da pálpebra:

  • Quando os espasmos não desaparecem depois de uma semana.
  • Quando a contração fecha a pálpebra completamente.
  • Quando o tremor inclui ou afeta também outras partes do rosto.
  • Quando o espasmo é acompanhado por vermelhidão, inchaço ou secreção do olho.
  • Quando a pálpebra superior cai (o termo médico é ptose).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Com essas informações, agora você já sabe que se o tremor da pálpebra ou blefarospasmo não se corrige controlando o estresse, dormindo bem, evitando a cafeína e mantendo os olhos bem lubrificados.

E, claro, não se esqueça de visitar seu oftalmologista regularmente para seus exames regulares e para detectar outros problemas na sua saúde ocular.