Se o seu colesterol está alto e isso se mantém por muito tempo você pode sofrer complicações associadas, como, por exemplo, a sensação de falta de ar.

A hipercolesterolemia é uma patologia em si mesma, que pode desencadear outras complicações, tais como a falta de oxigênio. Mas qual a relação que existe entre as duas doenças?

O corpo contém cerca de 5 litros de sangue, e é o coração, quem se encarrega de impulsioná-lo através de todo o corpo humano. O sangue é responsável pelo transporte de nutrientes e oxigênio para as diferentes células dos órgãos, inclusive os pulmões.

Por outro lado, é importante compreender que a concentração elevada de colesterol LDL ou ruim e colesterol total sustentada ao longo do tempo pode provocar o entupimento de uma artéria por causa de uma placa aterosclerótica.

Se você tem colesterol alto, as placas de gordura podem ser depositadas nas artérias pulmonares e veias pulmonares (únicas veias que transportam oxigênio) que levam oxigênio para os pulmões, o que pode ocasionar uma obstrução a nível pulmonar e provocar a sensação de falta de ar.

DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) é uma das doenças pulmonares mais comuns e que podem estar relacionadas a alguns fatores de risco, como, por exemplo, colesterol alto, pressão alta e sobrepeso, entre outros.

O Colesterol Alto Pode Causar Falta de Ar?

Por outro lado, as dislipidemias podem ser fatores que desencadeiam as complicações cardiovasculares que podem influenciar indiretamente na respiração. Se o coração trabalha forçado para bombear o sangue, os pulmões e o cérebro, além de outros órgãos podem ter afetados o seu normal funcionamento.

Como conclusão, tenha em mente que o colesterol alto não causa diretamente a sensação de falta de ar, mas pode interferir com a circulação sanguínea, reduzindo o suprimento de oxigênio para os pulmões.

Lembre-se que, diante dos primeiros sintomas de falta de ar você deve ir ao médico, com estudos muito simples como uma espirometria, você pode determinar se sofre ou não de algum tipo de doença pulmonar.