Você Quer Doar Seus Órgãos E Tecidos? Diga Adeus Aos Mitos

Doar seus órgãos e tecidos é um ato de generosidade e amor que pode salvar muitas vidas. Se você pensou em se tornar um doador, mas tem dúvidas porque ouviu histórias negativas a respeito ou existe algo que te causa um pouco de medo, continue lendo. Aqui te contamos sobre alguns mitos que existem em torno da doação de órgãos e tecidos. A informação é fundamental para que você tome a decisão de ser um doador.

Você gostaria de salvar uma vida? Se você pensar sobre isso por um segundo, pode imaginar que, para isso, deve realizar algum ato heroico. Pular no mar para salvar alguém de tubarões, correr para evitar que alguém seja atropelado por um carro, fazer respiração boca a boca para reanimar alguém, alimentar os famintos ou ser um bombeiro para apagar incêndios. Mas enquanto esses atos são corajosos e, certamente, salvam vidas, há outra maneira de fazer isso que está ao seu alcance e que, provavelmente, você não pensou por ter medo, preconceito ou simplesmente porque não sabe do que se trata: nós falamos da doação de órgãos e tecidos.

Quando uma pessoa morre, pode doar seus órgãos e tecidos para outra pessoa que precisa. Quando falamos de órgãos nos referimos aos rins, coração, fígado, etc. Os tecidos referem-se, por exemplo, aos enxertos ósseos, córneas dos olhos, veias ou tecido vascular, pele, etc. De acordo com a organização Donate Life (www.donevida.org), com sede em Los Angeles, Califórnia, mais de 11 mil latinos nos Estados Unidos doaram seus órgãos nos últimos 20 anos e, dessa forma, salvaram milhares de vidas, em um ato de amor e generosidade. É surpreendente: uma pessoa pode salvar a vida de oito pessoas se doar seus órgãos. Além disso, pode melhorar a qualidade de vida de mais de cinquenta pessoas se doar seus tecidos. Não é maravilhoso?

No entanto, para muitas pessoas não é fácil tomar essa decisão. Há muitos mitos e muitas dúvidas sobre a doação de órgãos que impedem que mais de 108 mil pessoas nos Estados Unidos que estão à espera de um transplante, tenham a oportunidade de prolongar suas vidas. O que você acha de darmos uma olhada nas falsas crenças que existem sobre o assunto de doar órgãos e tecidos? Talvez assim, quando você terminar de ler este artigo, se anime a salvar uma vida.

Leia também: "Dez Vantagens e Benefícios de Doar Sangue".

Mitos Sobre Ser um Doador de Orgãos

Mito # 1: Se Eu Me Tornar um Doador de Órgãos e Tecidos, no Caso de Sofrer um Acidente ou Ser Hospitalizado em Caso de Emergência, Os Médicos Não Farão Todo o Possível Para Salvar Minha Vida

Como você acha que isso pode ser verdade! Quando você vai ao hospital, por qualquer motivo, os médicos concentram todos os esforços em salvar sua vida. Essa é a missão deles. Além disso, a doação de órgãos apenas se torna uma opção depois que se tentou de todas as maneiras possíveis salvar a vida de um paciente. Outro fato: para que você seja considerado um doador potencial, é necessário que receba rigoroso atendimento médico. Então, descarte essa ideia da sua cabeça: os médicos da sala de emergência não recebem compensação financeira se uma doação ocorre e tampouco estão envolvidos no transplante.

Mito # 2: A Adoação de Órgãos e Tecidos Vai Contra a Minha Religião

Falso! A doação de órgãos e tecidos para salvar vidas é consistente com a maioria dos credos e religiões. Por exemplo, para o catolicismo, doar órgãos é um ato de caridade, amor fraternal e sacrifício (o atual Papa Bento XVI é registrado como doador). O cristianismo também acolhe esta ideia e encoraja os cristãos a se unirem à causa de salvar vidas, como um ato de benevolência que reflete o desejo de Deus. O judaísmo também concorda porque é parte de um esforço para salvar uma vida por amor. Se você tem duvidas sobre o assunto, pode consultar alguém de sua igreja.

Mito # 3: Quero Ter um Funeral de Corpo Presente e Se Doar Meus Órgãos, Meu Corpo Estará em Mau Estado

A cirurgia de extração de um órgão é feita em uma sala de operação sob os mesmos parâmetros de qualquer outra operação. Se você deseja ter um funeral de corpo presente, poderá fazer isso, porque seu corpo não ficará com vestígios visíveis.

Mito # 4: Sou Muito Velho(a) Para Doar Órgãos ou Tecidos

Não há limite de idade para que você possa doar órgãos e/ou tecidos. Existem registros de doadores com mais de 70 anos que deram seus órgãos com sucesso. Os critérios para doar órgãos não são baseados na idade, mas em outros critérios médicos. Se você quer doar órgãos e tecidos, manifeste-se assim e os médicos irão decidir, no momento da sua morte, se seus órgãos e tecidos servem para serem transplantados.

Mito # 5: Doar Meus Órgãos e/ou Tecidos Custará Dinheiro Para a Minha Família

Não é verdade. Os custos decorrentes da doação de órgãos são assumidos por uma agência de recuperação de órgãos e vão para quem recebe o órgão. No entanto, as despesas médicas e funerárias são de responsabilidade da sua família, como aconteceria inclusive se você decidir não ser doador.

Leia também: "Doação de Órgãos = Doar Vida".

Mito # 6: As Pessoas Ricas e Famosas São Aquelas Que Recebem Tratamento Prioritário no Momento de Receber Órgãos.

Talvez você pense que é o caso, porque quase sempre que uma celebridade recebe um transplante, recebe muita publicidade nos meios de comunicação de massa. Mas não é verdade! Todos os centros de transplantes nos Estados Unidos e a United Network for Organ Sharing (UNOS) criaram uma lista que contém a informação de todas aquelas pessoas que estão esperando algum órgão. Esta lista contém informações como seu peso, sua altura e seu tipo de sangue. A prioridade é determinada por fatores médicos/científicos, assim como a urgência e o tempo na lista de espera. O transplante de órgãos é um processo complexo porque também deve ser estudada a compatibilidade dos órgãos disponíveis com aqueles que serão recebidos.

Nunca se dá prioridade a ninguém com base em seu sexo, raça, nacionalidade e muito menos, levando em conta sua renda.

O que Você pode Fazer para se Inscrever na Lista de Doadores?

Cada país e, inclusive, alguns estados possuem suas próprias listas. Busque informações no seu município ou comunidade para descobrir como registrar seu nome.
Não hesite em fazer parte da maravilhosa missão de salvar vidas através da doação de órgãos e tecidos. É uma maneira amorosa de "prolongar" a sua existência nesta Terra.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto