Como Tratar Molusco Contagioso Na Pele Da Criança

Você já ouviu falar sobre o molusco contagioso na pele das crianças? Esta erupção habitual em nossos filhos é, até hoje, desconhecida por muitos pais. Nós vamos falar sobre isso e sobre a forma de tratá-lo.

O Que É o Molusco Contagioso?

O molusco se apresenta como uma infecção viral que cursa com uma leve erupção na pele, que aparece especialmente em crianças. Este tipo de doença é causada por um vírus da família dos Poxvírus, o qual é transmitido pelo contato direto. Isso poderia envolver complicações no caso de pessoas que apresentam um sistema imunológico deteriorado.

Como Tratar Molusco Contagioso na Pele da Criança

Um dos sintomas mais característicos deste molusco contagioso é a presença de granitos de alguns poucos milímetros de tamanho, que os profissionais médicos chamam de pápulas; são de forma circular e têm bordas muito bem definidas, com uma pequena depressão no centro. É habitual que este tipo de lesões apareçam concentradas em uma mesma área do corpo. Normalmente apresentam uma cor rosada, mas quando o sistema imunológico está atacando o vírus para eliminá-lo, adquirem uma tonalidade avermelhada. No caso dos adultos, o molusco costuma aparecer na região genital e é transmitido por contato direto durante as relações sexuais.

Ocasionalmente, esse tipo de lesão geralmente é acompanhada de coceira. Será o dermatologista quem irá analisar essas lesões para determinar se são ou não do molusco contagioso.

Leia também: "Varicela em Crianças: Tudo o Que Você Precisa Saber".

Tratamento Para Molusco Contagioso

Para tratar a presença dessas lesões, podem ser utilizadas soluções cutâneas, formulada com hidróxido de potássio a uma concentração de 10%. Além disso, para que você possa aplicá-lo confortavelmente sobre a área afetada, esta solução contém um pincel. Recomenda-se aplicar sobre a lesão uma vez por dia até que apareça vermelhidão na base. Será nesse momento em que não serão necessárias mais aplicações e apenas será necessário esperar que desapareça em aproximadamente duas a cinco semanas.

Outra das técnicas que costumam ser usadas para tratar este molusco contagioso são, por exemplo, a crioterapia, que consiste na aplicação de nitrogênio líquido a temperaturas que podem estar abaixo de 0°C. Com isso se consegue destruir as células infectadas e o vírus que está alojado em seu interior.

Você também pode recorrer à técnica de curetagem, que consiste em acabar com as lesões mediante uma raspagem superficial. Não deixa cicatriz e é um dos métodos mais utilizados para tratar o molusco.

No entanto, como método indolor e igualmente eficaz, recomendamos recorrer a pomadas ou cremes conforme especificado nas linhas anteriores.

As pessoas com lesões de molusco contagioso devem tomar medidas extremas de higiene, como, por exemplo, evitar se arranhar, não compartilhar toalhas, roupas ou instrumentos de higiene pessoal ou evitar a prática de esportes que envolvam contato direto de pele com pele, como é a luta livre e o judô.

Você conhecia os efeitos do molusco contagioso sobre a pele das crianças? Como foi a sua experiência?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto