A diarreia é talvez uma das doenças que mais acometem crianças na primeira infância (entre 4 - 30 meses).

No caso dos bebês, não é fácil determinar se eles têm diarreia, já que durante os primeiros meses de vida suas fezes são frequentes.

Para descobrir se é diarreia, é importante saber que antes do seu aparecimento, o bebê chora com mais frequência do que o habitual, e não deseja comer.

Talvez, então, logo apresente febre e vômito antes que o bebê comece a evacuar muitas vezes com fezes soltas, e inclusive aguadas, de cor marrom esverdeada e cheiro pior do que o habitual.

Depois, o bebê apresenta a barriga inchada, com sons frequentes do intestino e, depois de algum tempo, ela desincha, devido à perda de líquido.

Entre as Causas Mais Comuns de Diarreia em Crianças Estão:

  • Infecções virais (rotavírus).
  • Infecções bacterianas (Salmonella, Shigella, E. coli, Campylobacter).
  • Infecções parasitárias (Giardia).
  • Alergias ao leite ou outros alimentos.
  • Mudanças na dieta (introdução de um novo alimento).
  • Efeitos colaterais dos medicamentos orais (especialmente antibióticos).
  • Intoxicação alimentar (cogumelos, mariscos ou alimentos contaminados).

Leia também: "Diarreia: Causas, Sintomas e Alimentação".

O Que Fazer Quando O Bebê Está Com Diarreia?

Quando o bebê está com diarreia, você deve tentar manter o bebê hidratado. Consulte o seu pediatra o quanto antes, para explicar o que o bebê está se alimentando e ele te indicará quais mudanças realizar e os passos a seguir.

Leite Materno

Se estiver amamentando o bebê, continue alimentando o bebê normalmente, já que o leite materno acelera a recuperação.

Nan

Talvez o pediatra te indique também que você continue dando Nan (se toma fórmula) e que ofereça ao bebê soluções com eletrólitos que ajudam a repor a água e os sais minerais perdidos na diarreia. Use apenas o que o médico te indicou.

Quando procurar um médico?

Se a diarreia não parar, durar mais de 24 horas, vá com urgência ao pediatra, já que se trata de uma emergência médica e o bebê necessita de cuidados de imediato.

Também é importante chamar o médico ou levá-lo para emergência, se o bebê tiver febre de 38,8°C ou mais alta, se as fezes têm sangue ou pus ou se as evacuações são negras, como borra de café.

Tenha em mente que a diarreia é desconfortável, mas no geral não é perigosa se o bebê continuar consumindo líquidos e seguir sua dieta regular (seja o leite materno, nan ou os alimentos de bebê de acordo com a sua etapa de crescimento).

Se a diarreia não parar, e se apresentarem também os vômitos, que aceleram a desidratação, leve o bebê no médico. Se você aprender a reconhecer a tempo os sinais de desidratação, poderá tomar medidas para evitar que se converta em um caso grave e seu bebê possa se sentir confortável, satisfeito e feliz o quanto antes.

Para evitar desidratação, os bebês de até 10 kg, com diarreia e vômito, devem receber cerca de 180 ml de líquido por dia para cada kg de peso, enquanto as crianças com mais de 10 kg, devem receber por dia de 60 a 90 ml por kg de peso.

Dicas de Cuidados Para Diarreia Infantil

Forneça A Criança Uma Dieta Leve

Uma vez superada a diarreia, é necessário iniciar novamente a alimentação com uma maçã ralada ou com uma banana madura, a cada três horas, observando a aceitação. Logo você pode adicionar sopa de cenoura.

Não Oferecer Leite de Vaca ou Produtos Lácteos Para a Criança

Muitas crianças têm problemas para digerir o leite de vaca quando estão doentes. Isso porque muitas vezes a doença provoca danos superficiais no intestino, o que interfere na produção normal de lactase, a enzima que ajuda a digerir a lactose do leite.

Se seu bebê consome fórmula com leite de vaca, é necessário substituí-lo por um de soja ou um hipoalergênico que não contenha lactose. Se o bebê ainda toma leite de sua mãe, deve continuar a tomar, pois ajuda seu fortalecimento.

Remédios Caseiros Para Diarreia Infantil

Suco de Limão, Bicarbonato, Sal e Açúcar

Ferva por 5 minutos, 1 litro de água e quando a água estiver morna, despeje o suco de 1 limão, 1 colher de chá de sal, outra de bicarbonato e mais 2 colheres de açúcar. Faça a criança tomar ao longo do dia.

Chá de Maçã

Lave e descasque duas maçãs. Em seguida, ferva-as em 1/2 litro de água durante 10 minutos. Coe e faça a criança tomar ao longo do dia.

Suco de Limão com Polvilho e Açúcar Mascavo

Despeje em 10 copos de água 2 colheres de sopa de polvilho e misture com o suco de um limão pequeno e 1 colher de chá de açúcar mascavo. Faça a criança tomar ao longo dia.

Chá de Erva-Doce

Despeje uma colher de sopa de erva-doce em 1 copo de água que está fervendo. Cubra e deixe esfriar. Faça a criança tomar esse chá ao longo dia.

Mingau de Arroz

Lave 100 gramas de arroz em água quente, deixe de molho por três horas, coloque no fogo em uma panela e cozinhe até ficar macio. Após o cozimento, colocar 500 ml de água. Deixe esfriar um pouco, amasse bem, coe e adicione uma pitada de sal e uma colher de sopa de açúcar. Divida este mingau em cinco porções. Este remédio é indicado para crianças maiores de um ano, que não sejam alimentadas por leite materno.