Hidroxicloroquina pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como medicamentos antirreumáticos modificadores da doença.

Para Que Serve Hidroxicloroquina

A hidroxicloroquina é usada para prevenir ou tratar infecções por malária, causadas por picadas de mosquito, mas não funciona contra certos tipos de malária (resistente a cloroquina).

Esse medicamento também é usado, geralmente com outros medicamentos, para tratar certas doenças autoimunes, quando os outros medicamentos não funcionaram ou não podem ser usados.

Como Usar Hidroxicloroquina

A hidroxicloroquina é geralmente tomada com alimentos para prevenir problemas estomacais. A dosagem e duração desse medicamento são baseadas na sua condição médica e resposta ao tratamento.

Em crianças a dosagem também é baseada no peso. Para prevenção da malária, tome esse medicamento por via oral uma vez por semana, ou conforme indicado pelo seu médico.

Esse medicamento é iniciado geralmente duas semanas antes de entrar na área de risco de malária. Tome uma vez por semana enquanto estiver na área e continue tomando por 4 a 8 semanas depois de sair da área de risco ou conforme indicado pelo seu médico.

Para tratamento de malária, siga as instruções do seu médico.

Para lúpus ou artrite reumatoide, tome esse medicamento por via oral, geralmente uma ou duas vezes ao dia ou conforme indicado pelo seu médico.

Informe seu médico se a sua condição persistir ou piorar. A hidroxicloroquina pode não prevenir a malária em todos os casos. Se você tiver febre ou outros sintomas da doença, procure atendimento médico imediatamente. Evite a exposição a mosquitos.

Efeitos Colaterais da Hidroxicloroquina

Podem ocorrer náuseas, cólicas estomacais, perda de apetite, diarreia, tontura ou dor de cabeça. Se algum desses sintomas persistirem ou piorarem informe o seu médico.

Informe imediatamente o seu médico se algum desses efeitos colaterais graves ocorrerem: dor no braço/perna/costas, batimentos cardíacos irregulares, sintomas de insuficiência cardíaca, perda de cabelo, zumbidos nos ouvidos, perda auditiva, psoríase, dor abdominal grave, hematomas, sinais de infecção, urina escura, olhos e pele amarelados, convulsões e desmaios.

Essa não é uma lista completa de possíveis efeitos colaterais. Se notar outros efeitos não listados acima, contate o seu médico imediatamente.