A testosterona pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como andrógenos.

Para Que Serve Testosterona

Esse medicamento é usado em homens que não produzem testosterona suficiente. Nos homens a testosterona é responsável por muitas funções normais, incluindo o crescimento e desenvolvimento dos órgãos genitais, músculos e ossos.

Também ajuda no desenvolvimento normal da puberdade em meninos, que estão com a puberdade atrasada. Pode ser usado também para tratar certos tipos de câncer de mama em mulheres.

Como Usar a Injeção de Testosterona

Esse medicamento é administrado por injeção nas nádegas, conforme indicado pelo seu médico, geralmente a cada 1 a 4 semanas.

A dosagem é baseada na sua condição médica, no nível sanguíneo de testosterona e na resposta ao tratamento.

Efeitos Colaterais da Injeção de Testosterona

O uso indevido desse medicamento pode causas sérios efeitos colaterais, como doenças cardíacas, AVC, doença hepática, problemas mentais ou crescimento ósseo inadequado (em adolescentes).

Quando a testosterona é usada de maneira inadequada podem ocorrer sintomas de abstinência (como irritabilidade, depressão e cansaço) quando seu uso é interrompido. Esses sintomas podem durar de semanas a meses.

Podem ocorrer náuseas, vômitos, dor de cabeça, alterações na cor da pele, aumento ou diminuição do interesse sexual, pele oleosa, perda de cabelo e acne. Dor e vermelhidão no local da injeção também pode ocorrer.

Se tiver algum desses graves efeitos colaterais, informe imediatamente seu médico: dificuldade em dormir, roncar, sinais de doença hepática, dor abdominal persistente, cansaço, olhos e pele amarelados, urina escura, mãos e pés inchados, batimento cardíaco irregular, falta de ar.

Se você for mulher informe imediatamente o seu médico se tiver algum desses efeitos colaterais: agravamento da voz, rouquidão, crescimento involuntário de pelo facial ou corporal, aumento do clítoris, menstruação irregular.

Essa não é uma lista completa de todos os possíveis colaterais, se notar algum sintoma diferente consulte o seu médico.