O Que É Sertralina?

A sertralina ou cloridrato de sertralina é um dos remédios psicotrópicos mais conhecidos para o tratamento da depressão, ataque de pânico, ansiedade social, estresse pós-traumático e transtorno obsessivo-compulsivo.

Também conhecida pelo seu nome comercial, Zoloft ainda que não cure essas condições acima, sertralina é útil para aliviar e controlar o fluxo de pensamentos e emoções ruins.

Para Que Serve Sertralina

O efeito da sertralina é geralmente notado entre 4 a 8 horas após seu consumo. A pessoa geralmente se sente mais relaxada, melhora seu humor e controle mental.

A razão desse efeito se deve ao seu mecanismo de ação, pois é um medicamento psicotrópico que inibe a recaptação da serotonina. Sendo assim a sertralina aumenta a serotonina disponível no organismo.

Sertralina: Para Que Serve e Como Usar

Como Tomar Sertralina

A sertralina é um medicamento que requer supervisão médica rigorosa, devido à dificuldade de ajustar a dose adequada em cada caso. Esse medicamento se toma uma vez ao dia, podendo ser pela amanha ou à noite, mas é aconselhável que seja sempre no mesmo horário.

O início do tratamento será sempre com uma dose baia, que se aumentará lentamente e de maneira gradual ao longo do tempo. Isso ocorre porque a sertralina não funciona igual em todo mundo por isso não existe uma dose estabelecida e a dose adequada deve ser alcançada de maneira gradual para cada pessoa, para evitar os efeitos colaterais ou o efeito rebote.

Os benefícios do tratamento são lentos e é comum que eles não sejam tão evidentes até várias semanas após o início do tratamento, mas é um processo natural do seu corpo se adaptando com a medicação.

Mas se após quatro semanas não houver sinais de melhora, é possível ter que trocar de medicamento, aumentar a dose ou tomar outro medicamento em conjunto para aumentar seu efeito. Tudo isso sempre sob ordem médica.

Pela mesma razão o tratamento com sertralina, nunca deve ser interrompido por decisão própria, sem controle médico e de maneira brusca.

Para parar de tomar sertralina corretamente sem danificar seu organismo, a dose de sertralina deve ser reduzida gradualmente e progressivamente para que o seu corpo se adapte.

Efeitos Colaterais da Sertralina

O consumo de sertralina pode causar muitos efeitos colaterais, por isso seu consumo deve ser feito sempre sob prescrição e acompanhamento médico.

Apesar dos efeitos colaterais da sertralina serem numerosos, eles normalmente não são muito frequentes, nem excedem em quantidade e gravidade com relação a outros medicamentos.

Na verdade, se o medicamento for administrado corretamente em pessoas que precisam dele e em doses corretas, é improvável que esses efeitos colaterais apareçam.

Mas sempre que tomamos um remédio, estamos expostos a possíveis reações adversas. Os principais sintomas que podem aparecer com o consumo de sertralina são:

Aumento do Apetite

A sertralina pode causar mudanças no apetite. De forma geral, o consumo de sertralina pode aumentar o apetite, mas se essa mudança é muito notória, o melhor é consultar o médico para avaliar a dimensão desse efeito colateral.

Insônia, Pesadelos e Sonolência

O sono também pode ser alterado através da sertralina. Essas alterações geralmente ocorre especialmente no início do tratamento e vão se resolvendo com o passar do tempo.

No entanto, devemos estar alerta sobre esses sintomas, pois podem afetar significativamente o bem-estar da pessoa.

o mais comum é que a sertralina cause sonolência mas também pode provocar o efeito contrário, causando insônia e até pesadelos.

Ansiedade, Agitação e Nervosismo

Especialmente com as primeiras doses de sertralina, pode ocorrer ansiedade, agitação ou nervosismo.

Se os sintomas iniciais não sumirem rapidamente, é importante consultar com o médico para revisar o tratamento.

Diminuição da Libido, Insuficiência Ejaculatória e Disfunção Erétil

Os princípios ativos da sertralina afeta diretamente as regiões do cérebro que controlam o funcionamento sexual. Essas alterações geralmente desaparecem quando a sertralina é interrompida.

Tonturas, Náuseas e Vômitos

Os efeitos da sertralina podem causar tontura, náusea e vômito.

Tremor e Hipertonia

O consumo desse medicamento também pode afetar o funcionamento das articulações e produzir tremor ou hipertonia (aumento do tônus muscular).

Palpitações, Ondas de Calor e Boca Seca

Palpitações, ondas de calor e boca seca são efeitos colaterais comuns, mas ainda sim é importante consultar o médico se esses sintomas aparecerem.

Artralgia, Mialgia e Dor Torácica

As dores nas articulações (artralgia) e nos grupos musculares (mialgia) e a dor torácica são os mais frequentes.

O aparecimento de qualquer sintoma após a administração de sertralina deve ser consultado por um médico, ele deve avaliar se isso é causado pelos efeitos colaterais da sertralina e decidir sobre o tratamento para mitigar as reações adversas sofridas.

Cíntia Carvalho Farmacêutica

Cíntia Carvalho
Farmacêutica
Cíntia Carvalho, Farmacêutica Generalista formada pela Faculdade Pindamonhangaba em 2008, com registro no Conselho Regional de Farmácia CRF 46389.