Está com ferimentos na pele que demoram a cicatrizar? Felizmente, existem plantas e vegetais com capacidades para ajudar, trabalhando sobre a pele lesada e, assim, contribuir para a sua regeneração. Os cortes, arranhões e feridas pequenas são pequenos acidentes que ocorrem com certa frequência, mais ainda se nos dedicamos a trabalhar com ferramentas afiadas, dentadas, etc.

Uma vez que ocorre uma ruptura na pele, o organismo começa um processo de cicatrização, mediante a fabricação de substâncias como o colágeno. No entanto, muitas pessoas reclamam que a pele leva muito tempo para cicatrizar. Por essa razão, seria conveniente saber as razões pelas quais esta situação ocorre e quais os remédios naturais que podem ajudar a acelerar esse processo.

Fatores Que Tornam a Cicatrização Lenta São:

Idade:

com a idade, não apenas a circulação piora e chega menos oxigênio nas células que trabalham para curar as feridas, mas também os tecidos se tornam “distendidos”.

Estresse:

quando existe estresse, o organismo segrega substâncias corticoides que alteram o DNA das células. Em outras palavras, as células não seguem as “instruções” sobre a forma de funcionar. Devido a isso, o organismo deixa de produzir colágeno como deveria fazer de costume e o processo de cicatrização torna-se mais lento.

Certos Medicamentos:

existem substâncias que o organismo segrega antes das substancias geradas pelo estresse como os corticoides, também são produzidos em laboratórios, mediante processos químicos (por exemplo, aliviar a urticária). É lógico supor que esses medicamentos desaceleram a cicatrização. Outros medicamentos que também retardam a cicatrização são os anti-inflamatórios e anticoagulantes.

doença metabólica

Obesidade, diabetes ou qualquer outra doença metabólica (hipertensão, colesterol,...).

Tabaco:

a má circulação pode retardar a cicatrização. No caso do tabaco, a nicotina faz com que as artérias se contraiam e consequentemente ela transporta menos sangue. Por isso, chega aos tecidos uma menor quantidade de oxigênio e este é um elemento importante para a produção de colágeno. Por isso, é sempre recomendado que os pacientes fumantes que vão se operar abandonem o hábito, pelo menos na semana anterior e posterior à data da intervenção.

Deficiências nutricionais:

para que o organismo possa produzir o colágeno, é necessária a presença de vitamina A e C, bem como o mineral zinco. Por isso, aconselha-se o consumo de alimentos ricos nesses nutrientes (cenoura, mamão, kiwi, goiaba, limão, laranja, uva, etc.) para acelerar o processo de cicatrização. Igualmente importante é o consumo de proteína (soja, leite, ovos, feijão, aves, etc.) para a produção de colágeno pelo organismo.

Sabendo de tudo isso, vamos agora para os remédios caseiros e naturais para acelerar a cicatrização.

Remédios Caseiros Para Acelerar a Cicatrização

Um dos mais populares remédios caseiros para a cicatrização é aloe vera. Quase mágico em questões relacionadas com a pele, também é super econômico e fácil de aplicar. Curar diariamente a sua ferida untando com polpa de aloe vera será suficiente.

Você também pode usá-lo como parte de um remédio cicatrizante, acompanhado do tomate que compartilha das suas ações de regeneração e nutrição. O aloe vera também atua como um amaciador da pele, o que ajuda a esconder mais as cicatrizes, experimente também em cremes.

  • Bata ½ xícara de mamão e 1 xícara de mirtilos congelados junto com ½ xícara de suco de manga e ½ xícara de iogurte natural de baixo teor de gordura ou sem gordura. Tome este batido diariamente.
  • Aplique sobre a cicatriz uma gaze embebida com suco de cenoura. Este remédio facilita a regeneração rápida da pele e facilita a movimentação da área.
  • Bata 1 xícara de mamão e 1 pêssego, sem caroço, juntamente com o suco de 2 laranjas e 2 cenouras até misturar bem. Não coe e beba imediatamente.
  • A pedra de alúmen, reconhecida como um desodorante natural muito eficaz, também pode atuar como cicatrizante e desinfetante.
  • O azeite de oliva é um produto muito utilizado na beleza e cosmética natural, tanto do cabelo como da pele, como um hidratante e esfoliante. Este óleo pode ser de grande ajuda para melhorar a cicatrização.
  • O limão pode ser bom para as cicatrizes da pele. Possui capacidades anti-sépticas e cicatrizantes. A questão negativa em seu uso pode ser o inevitável ardor que causará em algumas feridas quando você aplicar.
  • Bata 1 fatia de melão com ½ xícara de suco de cenoura natural frio, e o suco de 1 laranja e 1 limão até misturar perfeitamente. Beba um copo por dia para acelerar o processo de cicatrização.
  • Ferva 1 litro de água e em seguida despeje uma colher de sopa de tomilho e 2 colheres de sopa de flores de camomila. Retire do fogo e deixe descansar por 15 minutos. Adoce e beba quente. Tome 2 xícaras por dia durante 1 semana. Este remédio é um excelente antisséptico que combate infecções e promove o processo de cicatrização, mas em excesso pode chegar a afetar a flora intestinal. Não utilize durante a gravidez, lactação, úlceras, doença cardíaca ou hipertireoidismo.
  • Bata ½ xícara de morangos junto com 1 copo de suco de laranja e 120 ml de suco de goiaba até misturar bem. Tome este suco diariamente.
  • Aplique frio duas vezes por dia, sem pressionar, uma compressa embebida em chá de camomila quando uma ferida estiver cicatrizando. Deixe por 15 minutos.
  • Aplique algumas gotas de extrato de própolis numa gaze e passe sobre a cicatriz, o própolis além de ser cicatrizante, é anti-inflamatório, antifúngico e antibacteriano.

Dicas Para Melhorar a Cicatrização

Realizar exercícios:

segundo investigações realizadas fazer atividade física regularmente acelera a cicatrização, já que facilita a circulação o que permite a chegada de mais oxigênio nas células para a produção de colágeno.

Ter uma alimentação equilibrada:

lembre-se que, para acelerar o processo de cicatrização, é necessário ter uma dieta equilibrada, rica em vitaminas e minerais.

Proteja suas cicatrizes com protetor solar:

as cicatrizes têm menos pigmento do que o resto da sua pele e, por esse motivo, são especialmente vulneráveis a queimaduras solares. Consequentemente, é necessário cobrir todas as cicatrizes com um filtro solar de alto grau de proteção sempre que sair de casa em dias ensolarados.

Atenção, as sugestões encontradas nesse artigo não possuem base científica comprovada, sendo assim não devem ser substituídas, em hipótese alguma, por um tratamento médico convencional e/ou ao seguir essas sugestões, os sintomas ou condições a que esse artigo se propõem ajudar podem se agravar.