Dicas Para Um Uso Responsável De Medicamentos

O uso responsável dos medicamentos que adquirimos na farmácia ajudará a melhorar nossa qualidade de vida de forma notável, permitindo prevenir, diagnosticar, tratar ou curar determinadas doenças.

Do ponto de vista legislativo, toda prescrição médica deve incluir o nome do medicamento. Em todos os momentos, deve ser confirmado que a embalagem, vedação ou fechamento do produto atende às características necessárias. Seja em uma farmácia comercial ou de qualquer outro local, o farmacêutico será responsável por verificar a receita que, de acordo com a lei, deverá ser redigida de forma legível.

A Importância de um Uso Responsável dos Medicamentos

A medicação deve ser conservada em sua embalagem original e com a sua prescrição. Graças a isso, você poderá consultar sempre a data de validade do mesmo e a dose apropriada de medicamento que deve ser administrada, além de confirmar as possíveis reações adversas que pode ter.

Dicas Para um Uso Responsável de Medicamentos

Em função das recomendações de conservação do próprio fármaco, o medicamento deve ser armazenado de forma adequada. Não devemos esquecer, neste sentido, que os medicamentos conservados em condições inadequadas de temperatura acabarão se deteriorando e comprometendo a vida do paciente. Como dissemos, as condições de conservação aparecem na própria embalagem. Assim, por exemplo, aqueles que são conservados entre dois e oito graus devem ser armazenados em locais com embalagens isotérmicas refrigeradas.

Leia também: "Como Descartar os Medicamentos Não Utilizados".

Para evitar que os medicamentos sejam transportados sob temperaturas extremas, como pode ser no porta-malas ou em outros compartimentos dos carros, podemos movê-los para embalagens isotérmicas não refrigeradas. Algumas formas farmacêuticas, como supositórios ou cremes, são bastante sensíveis às elevações de temperatura. Os medicamentos com forma de solução possuem uma relativa fragilidade, podendo se ver seriamente deteriorado.

Tampouco devemos esquecer a revisão periódica, mais especificamente a cada seis ou doze meses, do conteúdo do seu kit para confirmar sempre o prazo de validade dos mesmos e o bom estado dos elementos que os compõem.

Como um teste de garantia para a nossa saúde, os pacientes devem consultar o seu médico em todos os momentos sobre o uso adequado da medicação, o que devemos em qualquer farmácia ou em uma específica e nunca naqueles estabelecimentos que não têm licença, para evitar falsificações e más condições de embalagem.

Quando a data de validade passou, devemos levá-lo a um ponto de reciclagem. Da mesma forma, os tratamentos que exigem medicamentos múltiplos, seria aconselhável fazer um quadro onde se anota a dose, a frequência e se realiza um seguimento para determinar que o medicamento foi ingerido. Em diversos centros médicos, encontraremos um folheto explicativo do Ministério da Saúde, no qual está anexo um modelo de quadro para tal serviço.

Em qualquer caso, como dissemos em linhas anteriores, em todos os momentos, devemos seguir as indicações do nosso médico para adotar um uso racional, apropriado e responsável da medicação. E você? Já seguiu algum desses passos no momento de consumir os medicamentos que seu tratamento requer? Compartilhe conosco sua experiência.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto