O corpo tem mais de dois milhões de glândulas sudoríparas, que entram em ação para esfriar o corpo por meio de evaporação do líquido (suor) sobre a superfície da pele.

Isso se deve geralmente ao clima exterior (calor) ou o estresse mental ou físico.

A maior parte da transpiração consiste em um fluído inodoro composto por água, sal e pequenas quantidades de alguns elementos segregados pelas glândulas sudoríparas écrinas distribuídas por todo o corpo.

No entanto, a transpiração gerada pelas glândulas sudoríparas apócrinas, localizadas nas axilas e nas áreas genitais, são ricas em matéria orgânica ideal para a reprodução de bactérias que se multiplicam e se decompõem nessas secreções o que causa o odor corporal.

Este também pode ser causado por alimentos como alho e cebola e até mesmo por especiarias como o cominho e o curry, já que sua forte essência é emitida através do suor.

Não existe evidência que relacione os compostos de alumínio dos anti-transpirantes e desodorantes comerciais com os altos níveis de alumínio dos pacientes de Alzheimer, mas se você deseja evitar qualquer problema relacionado com os químicos que contêm estes produtos, existem muitas alternativas e remédios caseiros.

Remédios Caseiros Para Transpiração e Mau Odor Corporal

Remédios Caseiros

  • Beber uma xícara de infusão de sálvia diariamente contribui para reduzir a atividade das glândulas sudoríparas.
  • Aplique um punhado de folhas frescas de sálvia misturadas com suco de tomate sobre as axilas, resulta tão eficaz quanto os desodorantes comerciais.
  • Molhe as axilas com uma mistura de chá de casca de salgueiro e bórax.
  • Polvilhe as axilas limpas e secas com pó de amido de milho ou pó de arroz.
  • Misture 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio e o suco de um limão. Lave as axilas diariamente com esta preparação.
  • Aplique loção de hamamélis sobre a pele da axila usando uma bola de algodão.
  • Aplique algumas gotas de óleo da árvore do chá sobre as axilas. Este óleo mata as bactérias que produzem o mau odor.

Recomendações

• Banhar-se diariamente é essencial para o controle dos odores. As pessoas que suam profusamente podem necessitar tomar banho de manhã e à tarde, assim como depois de qualquer atividade extenuante.

• Remover os pelos das axilas uma vez por semana elimina esse ambiente favorável para as bactérias malcheirosas.

• Use um bom sabão desodorante ou antibacteriano para as mãos, já que seus ingredientes continuam a matar as bactérias após o banho.

• Lavar as axilas com uma toalha ensaboada elimina as secreções residuais de bactérias mais eficazmente do que ensaboando com as mãos.

• Use roupas soltas e de tecido poroso, já que permite que a transpiração se evapore antes de se tornar um veículo para o crescimento de bactérias. Mas a menos que você mude regularmente, a roupa acumula odores que podem anular os benefícios do banho diário.

• Remova da dieta alimentos de odor penetrante, como a cebola, o alho, as especiarias picantes e a cerveja.

• Verifique os medicamentos consumidos. Alguns medicamentos, como os antidepressivos podem aumentar o odor corporal.

Procure cuidados médicos se, apesar destes remédios e recomendações o odor corporal ainda permanecer, já que poderia ser um sinal de uma glândula tireoide hiperativa, baixo nível de açúcar no sangue ou um problema com a parte do sistema nervoso que controla o suor.