Os pesquisadores do Kings College de Londres, descobriram que uma variável do gene FADS2 poderia explicar por que os bebês amamentados tendem a ser mais inteligentes do que aqueles criados com leite engarrafado.

No entanto, hoje fazemos eco de uma nova pesquisa realizada por este grupo de estudiosos, mas desta vez sobre a vitamina D, e os resultados demonstram que, esta, reduz o envelhecimento das diferentes células e tecidos do nosso corpo.

No mesmo participarão um total de 2.160 mulheres entre 18 e 79 anos, descobriu-se que aquelas que tinham níveis mais altos de vitamina D mostravam menos mudanças relacionadas com o envelhecimento no seu DNA, feito que inclusive lhes impedia em longo prazo possuir mais fraqueza muscular mais e óssea, que viriam a ser as causas das pessoas deficientes nesta vitamina.

Vitamina D Reduz o Envelhecimento das Células e dos Tecidos

Leia também: "Benefícios da Vitamina D3 Para a Saúde".

Vitamina D: Como Obtê-la?

Como vimos durante o verão, cerca de 90% da vitamina D no organismo é produzida com a exposição ao sol.

No entanto, também existem certos alimentos graças aos quais podemos obter por sua vez esta mesma vitamina. Entre os mais destacados e importantes, teríamos os ovos, o peixe, os cereais e o leite fortificados.

Benefícios da Vitamina D

Numerosos estudos, realizados desde já há muitos anos, têm afirmado que esta vitamina desempenha um papel extremamente importante na proteção contra as doenças cardiovasculares e o câncer.

Mas, se os níveis da mesma em nosso corpo são baixos, está associada com um maior risco de desenvolvimento de diabetes tipo I, esclerose múltipla ou artrite reumatoide.