À varicela é uma doença causada por um vírus, varicela zoster (VZV), o qual é altamente contagioso.

Este se propaga pelo contato direto a partir de lesões de pele (o líquido que contém as vesículas) ou da saliva da pessoa infectada ou doente, embora ainda não se manifeste a doença.

Após um período de incubação de duas semanas começa um quadro de febre moderada (às vezes, com vômitos) de dois a três dias.

Então, aparecem erupções cutâneas ou manchas vermelhas, planas e pequenas no tronco estendendo-se para o resto do corpo, incluindo o couro cabeludo, boca e genitais.

Após aproximadamente uma semana, as manchas se elevam formando pequenas vesículas, podendo haver uma coceira intensa na pele que envolve lesões ou infecção bacteriana pela coceira excessiva. Em seguida, as vesículas se rompem e produzem crostas que secam, terminando por se desprender em poucos dias.

A gravidade da varicela é inversamente relacionada com a idade, por isso que em adultos é mais grave do que em crianças.

É importante saber que este vírus não desaparece completamente, mas entra em um estado latente nos nervos sensoriais do organismo e, que pode surgir, anos mais tarde sob a forma de uma condição dolorosa chamada herpes zoster.

Remédios Caseiros Para Varicela

Remédios Caseiros Para Varicela

  • Adicione 1 xícara de bicarbonato de sódio na banheira que contenha água morna (nem muito fria nem muito quente). Tome um banho que não se estenda por mais de 15 minutos a cada 8 horas. Utilize uma esponja ou um pano para molhar todas as áreas afetadas da pele para aliviar a coceira.
  • Despeje, dentro de uma meia, uma xícara de farinha de aveia coloidal, que é a aveia moída até pulverizar ou a comum finamente moída, amarrando a meia na extremidade e agitando-a na água do banho. Tome um banho curto, a fim de aliviar a coceira.
  • Despeje meia xícara de vinagre de maçã na água do banho.
  • Aplique, durante cinco minutos, um pano úmido e fresco sobre a pele para aliviar a coceira e repita se necessário. No entanto, se o pano é áspero por um lado, use o lado mais suave sobre a pele para evitar a irritação.
  • Ferva um punhado de ervilhas verdes em meio litro de água. Lave a pele com esta água para evitar a irritação. Inclusive esta preparação resulta adequada para ser consumida, já que é um depurativo do sangue.
  • Quebre uma ou várias cápsulas de vitamina E e esfregue o seu conteúdo por todo o corpo para dissipar as marcas que podem deixar a varicela.
  • Misture 1 colher de sopa de sal em um copo de água e faça gargarejos várias vezes ao dia, se você tem vesículas de varicela na boca.
  • Banhos diários com água de arnica misturada com vinagre para coceira.
  • Ferva um punhado de hortelã-pimenta em ½ litro de leite por 5 minutos. Cubra e deixe esfriar. Coe e beba 3 xícaras por dia para amadurecer as vesículas de forma mais rápida.
  • Misture 2 colheres de sopa de aloe vera juntamente com 2 colheres de sopa de gérmen de trigo até que fiquem bem integrados. Aplique diariamente sobre as marcas de varicela no rosto, de modo que vão desaparecendo.
  • Aplique uma quantidade generosa de mel na área da pele onde ficaram cicatrizes de varicela e coloque, pelo menos, três vezes ao dia até que desapareçam.
  • Ferva em 1 litro de água 1 punhado de cevada por 30 minutos. Coloque esta preparação na água da banheira (suficiente para cobrir acima da cintura) e permaneça nela durante 15 minutos. Tome este banho 3 vezes ao dia até que a coceira desapareça.
  • Misture em 1 litro de água fria, o gel de aloe vera e 5 xícaras de água de rosas e molhe um pano de algodão com esta preparação. Passe frio pela pele para aliviar a coceira e inflamação.
  • Ferva 6 folhas de limão em 1 litro de água por 10 minutos. Tome ao longo do dia.
  • Realize um cozimento das raízes esmagadas ou trituradas de salsaparrilha, na razão de uma colher de chá por xícara: duas ou três ao dia para depurar o organismo e facilitar o processo de eliminação das manchas pela pele.
  • Lave e retire a polpa de uma folha de aloe vera e coloque em um recipiente que contenha 50 ml de glicerina e 5 gotas de essência de lavanda. Bata até obter uma pasta homogênea. Aplique sobre as marcas de varicela para facilitar o processo de regeneração da pele de tal forma que se elimine prontamente as marcas.
  • Despeje 2 colheres de sopa de flores de calêndula e 1 colher de chá de folhas de avelã em uma xícara de água e deixe repousar por 12 horas. Moa essa preparação e aplique sobre as erupções. Este remédio ajuda a combater a coceira que causa esta doença.
  • Aplique através de uma bola de algodão, óleo de sândalo várias vezes ao dia sobre a pele. Este remédio eliminará da pele as cicatrizes que podem aparecer no final da varicela.

Recomendações

Evite a exposição ao calor. Devido ao fato de que o calor estimula o fluxo de sangue para a superfície da pele e exacerba a coceira, é necessário colocar a temperatura mais baixa no inverno e usar um ventilador no verão.

Não se exponha ao sol. Uma pessoa com varicela não deve tomar uma dose de sol especialmente quando aparecem as bolhas, já que pode piorá-las. Inclusive quando a varicela terminou, a pele permanece particularmente vulnerável às queimaduras solares durante um ano. Por isso, você deve garantir a aplicação do protetor solar quando se expuser diretamente ao sol.

Corte as unhas das crianças com varicela e coloque luvas no momento de dormir, para evitar, assim, que as úlceras se infectem e fiquem cicatrizes permanentes.

Use roupas de algodão fresco, já que é menos irritante do que outros tecidos. Neste sentido, recomenda-se que as crianças com varicela usem pijamas com mangas longas e calças compridas para evitar que se arranhem.

Mantenha-se fresco e limpo. Recomenda-se tomar banho (não mais de 15 minutos) todos os dias no chuveiro ou banheira e usar shampoo no cabelo para manter as úlceras limpas e ajudar a prevenir a infecção.

Mudar de roupa com frequência. É necessário trocar com frequência para reduzir o risco de que as úlceras se infectem.

Consuma alimentos moles, como mingau, pudim de arroz, gelatina, sopas e bananas enquanto as vesículas estão abertas na boca.

Não dê aspirina para uma criança com varicela, já que está associada à síndrome de Reye, uma complicação potencialmente fatal.

Procure assistência médica imediatamente se a pessoa doente (especialmente crianças) desenvolver algum destes sintomas:

  • Febre depois que já se formaram crostas.
  • Febre muito alta, acompanhada de dor de cabeça intensa, vômitos, desorientação, ou convulsões.
  • Febre que dura mais do que alguns dias.
  • Dor forte nas extremidades.
  • Dor quando o pescoço está contraído.
  • Úlceras excessivamente inchadas, vermelhas e dolorosas, já que podem estar infectadas.

Recomendações Preventivas: Aplicar a vacina contra a varicela para as pessoas que não tiveram e que vivem ou trabalham com pessoas que correm um enorme risco de contrair o vírus, como aquelas com sistemas imunológicos fracos (por exemplo, qualquer pessoa com HIV ou AIDS, leucemia ou que esteja submetida a tratamento com medicamentos imunossupressores, como a quimioterapia).

Leia também: “Vacina Viva Contra o Vírus Varicela (injetável)“.

Evite o contato das pessoas doentes com mulheres grávidas que não tiveram varicela, especialmente se estão no primeiro trimestre de gestação, porque é quando o feto tem maior risco de sofrer malformações.