A função desempenhada pelos rins é realmente importante para o organismo, já que filtram diariamente quase 200 litros, com o objetivo de eliminar resíduos do corpo através da urina.

No entanto, muitos catalogam os rins como os grandes “esquecidos”, uma vez que a maioria desconhece que se o seu trabalho não for realizado de forma adequada podem surgir problemas no coração e até nos ossos.

Daí a necessidade de poder conhecer mais suas funções para cuidá-lo, prevenir e até mesmo curá-los.

Também é muito importante conhecer todos os sintomas que alertam de que não estão funcionando bem, porque o processo de deterioração pode ser parado com bons hábitos. Inclusive existem remédios caseiros que ajudam a evitar futuros problemas com os rins. Conheça, a seguir, os sinais de que os rins estão falhando.

Sinais de que os Rins não Estão Depurando Bem:

Você já percebeu mudanças em sua urina? Se você tem a sensação de não esvaziar bem a bexiga quando você vai ao banheiro ou nota pressão na área, se levanta várias vezes à noite para urinar, mas não consegue ou o faz em pequenas quantidades, pode ser um sinal de que os rins não estão trabalhando a plena capacidade. Quanto à cor, se a sua urina é muito escura ou com sangue é um sinal de infecção no trato urinário, pedras nos rins ou insuficiência renal, porque os vasos sanguíneos dos rins estão danificados. E se você apresenta bolhas ou aspecto espumoso é porque existem proteínas que são perdidas na urina.

Sinais de que seus Rins não Funcionam bem e Remédios Caseiros para Prevenir

Você se sente fadigado sem motivo aparente? Temos dito que os rins são responsáveis por estimular a medula óssea para que produza glóbulos vermelhos, por sua vez, responsáveis pelo transporte de oxigênio dos pulmões por todo o organismo. Mas quando o oxigênio não chega por uma baixa produção de glóbulos vermelhos é normal sentir-se cansado.

Você está destemperado e sente calafrios? A causa também pode ser um mau funcionamento dos rins, porque um baixo nível de glóbulos vermelhos não apenas provocando fadiga e fraqueza, também faz você se sentir destemperado ou calafrios, embora não faça frio.

Você acorda com bolsas nos olhos? Os rins são responsáveis por manter em equilíbrio os líquidos existentes no organismo. Por isso, quando você bebe muito, cria suficiente urina para não acumular em excesso. Mas, se a função destes órgãos diminui, perdem a capacidade de criar urina. Resultado: acaba retendo cada vez mais e mais líquidos, com isso você nota os tornozelos mais inchados do que o habitual, sente que o calçado está pequeno, se levanta com bolsas nos olhos, as pernas se tornam inchadas, especialmente quando você passa um tempo parado…

Você sente sensação de asfixia? Edema ou retenção de líquidos também pode provocar o acúmulo de líquidos nos pulmões, originando sensação de asfixia ou falta de ar. Além disso, se o oxigênio não chega bem a todas as partes do corpo pela falta de glóbulos vermelhos também aparece sensação de asfixia.

Você sente náuseas e dores de cabeça? A principal função dos seus rins é eliminar os resíduos do sangue. Quando sua função diminui terminam acumulando no sangue (especialmente ureia, creatinina, fósforo e potássio) até chegar a um nível prejudicial para a saúde. É o que se denomina síndrome urêmica ou uremia. Provoca náuseas, vômitos, dor de cabeça… Também é responsável por coceira intensa.

Como Saber se os Rins Funcionam Bem:

Duas simples análises revelam se os rins desempenham bem sua função:

  • Um exame de urina. Para verificar se existe albumina nela, um tipo de proteína. Seus rins são projetados para manter todas as proteínas do corpo e um dos primeiros sinais de que não estão funcionando bem é que a albumina entra na urina.
  • Um exame de sangue. Para detectar a presença de creatinina (um resíduo que, quando os rins estão danificados, lutam para eliminar). Com este dado se calcula sua TFG, que é a capacidade em que trabalham.

Remédios Caseiros para Evitar Danos nos Rins:

  • Colocar uma fatia de abacaxi picada no liquidificador junto com uma xícara de água. Bata por alguns segundos e tome um copo deste suco diariamente.
  • Lave e corte pela metade uma maçã e coloque no liquidificador junto com um punhado de mirtilos lavados. Bata por alguns instantes. Tome este suco diariamente.
  • Lave e pique peras e maçãs e coloque no liquidificador. Adicione ½ xícara de água e misture. Tome a cada 2 dias.
  • Despeje 1 colher de sopa de Gatuna em uma xícara de água. Cubra e deixe esfriar. Coe e beba uma xícara por dia.
  • Ferva 1 xícara de água e uma vez atingido o ponto de ebulição, despeje uma colher de sopa de cavalinha. Deixe em repouso e coe. Tome uma xícara por dia.

Recomendações Nutricionais:

Evite os refrigerantes de cor escura, bebidas com sabor de frutas ou chás engarrafados ou enlatados, já que podem ter muito fósforo.

Não exceda com as proteínas. O rim não limpa o sangue de resíduos para eliminá-los através da urina, e um dos principais é a ureia, que se forma da decomposição das proteínas. Por isso, se você exceder seus rins tem que trabalhar mais para eliminar a ureia e isso pode danificá-los. Segundo a OMS, apenas 10% – 15% das calorias diárias devem proceder das proteínas. Carnes vermelhas, leite integral e ovos são ricos nelas.

Controle o sal. Se você consome muito, os rins tem dificuldade para eliminar o excesso de sódio e isso pode provocar sede e retenção de líquidos e hipertensão, que pode danificar os vasos sanguíneos do rim. Neste sentido, é aconselhável não exceder 1,5 gramas de sódio.
Lembre-se que existe sal oculto em muitos alimentos (salsichas, pré-cozidos, queijos curados, picles, etc.).

Recomendações Gerais:

Evite a pressão arterial elevada, porque danifica os vasos sanguíneos dos rins. É um círculo vicioso, porque se os rins se deterioram tampouco segregam a renina ideal, um hormônio necessário para regular a tensão. Evite ter o açúcar elevado no sangue. Quando o açúcar permanece no sangue em vez de se decompor acaba obstruindo os vasos sanguíneos dos rins. E sem boa irrigação, não filtram bem e a albumina (uma proteína) acaba na urina.

Evite o consumo de anti-inflamatórios como ibuprofeno. Os anti-inflamatórios atuam como uma toxina para os rins. De fato, 10% dos casos de insuficiência renal se devem ao fato de serem tomados de forma descontrolada e sem supervisão médica este tipo de medicamento.
Isto ocorre se são tomados regularmente e durante um longo período de tempo. Por isso, se é preciso seguir um tratamento contínuo deve ser consultado o médico para que os rins não corram perigo. Como medida pontual preventiva, quando tomar um medicamento deste tipo beba bastante água durante todo o dia. Se você sofre de insuficiência renal é totalmente desaconselhado tomá-los.

Para mais informações sobre cuidar dos seus rins, não deixe de ler também “10 Dicas Para Cuidar dos Rins“.